• Envie para um amigo

    Favor Preencher
    Favor Preencher
    Insira um Email Válido
Artigo

Eu sou invejosa?

Trillia J. Newbell 18 de Janeiro de 2017 - Vida Cristã

Este artigo foi extraído do livro de Trillia Newbell, Medos do Coração - lançamento da Fiel de Janeiro/2017


Agora, caberia a mim dizer que algumas mulheres realmente parecem ser capazes de fazer muito malabarismo e, ainda assim, viver com alegria. Infelizmente, tenho visto essas mulheres serem rotuladas de “mulheres perfeitas”. O termo mulher perfeita se refere à mulher dócil que cozinha, limpa, arruma a casa, obedece ao seu marido e se veste bem. Ela reúne todas as qualidades. Porém, ela não tem personalidade.

Infelizmente, essa caricatura pode ser atribuída a qualquer mulher que aparenta ser perfeita. Nós reclamamos da mulher que faz uma comida boa ou fala bem de seus filhos. Com certeza, ela está usando uma máscara, presumimos. Em nosso medo de sermos julgadas como preguiçosas ou de recebermos a desaprovação do Senhor, uma maneira que encontramos para nos sentir melhores a respeito de nós mesmas é caçoando de outras mulheres. Contudo, alguma vez nós paramos para considerar que algumas mulheres em especial receberam de Deus o dom de serem donas de casa alegres e agradecidas?

Todas nós recebemos o mesmo Espírito, mas diferentes dons. Paulo nos ensina sobre essa variedade de dons em 1 Coríntios 12. Isso é algo importante para você e eu lembrarmos quando entrarmos na casa limpa e organizada de uma amiga, ou saborearmos a deliciosa refeição feita por ela e desfrutarmos de seu espírito alegre, ou quando virmos um post nas redes sociais de outra amiga com cabelo perfeito e filhos sorridentes, usando roupas que combinam. Deus fez todas nós à sua imagem, mas nós somos únicas. Ele nos dá variados dons para servirmos em benefício de outros.

No entanto, somos tentadas a julgar (Mt 7.1-5), então supomos que essas mulheres devam ser hipócritas; ou ficamos com inveja e fazemos comparações (nós não temos, então cobiçamos; Ex 20.17). Caso essa seja a sua tentação, saiba que você não está sozinha. Na verdade, a Palavra de Deus diz que a tentação é comum ao homem (1 Co 10.13). Porém, você não deve se entregar à tentação. E se, em vez disso, você se alegrasse? Talvez, se você vir mulheres que se sobressaiam em áreas que você não se destaca, tal situação possa ser considerada como uma oportunidade de agradecer a Deus pelo seu design criativo.

Hits: 3991


O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.

Receba nossas Notificações



Trillia J. Newbell
Autor Trillia J. Newbell

Trillia J. Newbell é diretora de alcance comunitário da Comissão de Liberdade Ética e Religiosa (ERLC) da Convenção Batista...



Conteúdos Relacionados

Produtos Relacionados