• Envie para um amigo

    Favor Preencher
    Favor Preencher
    Insira um Email Válido
Artigo

Amando Jesus, a igreja e seu marido como esposa de pastor

Miriam McConnell 18 de Março de 2019 - Mulheres

Uma análise do livro A Esposa do Pastor por Gloria Furman[i]

Quando Mez me deu este livro para ler, eu estava em dúvida sobre o quão útil seria. Eu já li livros assim e às vezes eles são realmente adequados para aqueles que pastoreiam nos Estados Unidos. Muitas vezes é difícil ver a relevância para as esposas dos pastores aqui no Reino Unido[ii], apesar do conteúdo bíblico. No entanto, eu realmente gostei deste e fui encorajada ao lê-lo. Gostei do jeito que Gloria usa exemplos de sua vida no exterior e alguns dos diferentes desafios que isso traz. Ela divide o livro em três seções, a primeira das quais é “Amando o Supremo Pastor”. Nestes capítulos, Gloria lembra às leitoras que, como esposas de pastores, precisamos amar principalmente a Cristo, e que “nossa identidade em seu nível mais básico e fundamental, é que estamos ‘em Cristo’” (pág. 29). É claro que isso é verdade, quer você seja ou não esposa de pastor, porém é um lembrete útil, porque muitas vezes podemos perdê-la de vista. Esses capítulos iniciais lançam as bases para o restante do livro.

A seção intermediária do livro concentra-se em nossa responsabilidade para com nossos maridos, com base em Provérbios 31.12: “Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias da sua vida”. Ao longo desses capítulos, Gloria usa sua própria experiência e compartilha abertamente a respeito de como ela tenta apoiar e encorajar melhor seu próprio marido. Pessoalmente, achei esses capítulos encorajadores e isso me fez pensar em como eu posso apoiar melhor, orar e encorajar Mez. Ela também menciona o grande privilégio que é ser casada com um pastor. Eu tenho que admitir que houve muitas vezes nas quais eu não vi o meu papel dessa forma, então me senti desafiada a lembrar disso, particularmente em períodos de intensa atividade, cansaço ou estresse.

A seção final é toda sobre amar a igreja. Ela gasta algum tempo colocando o fundamento bíblico para a igreja e faz a pergunta “O que é a igreja, afinal”? Ela responde assim: “A igreja não é um clube, uma organização ou uma entidade sem fins lucrativos. A igreja não diz respeito só a um culto no domingo de manhã. A igreja é um povo reunido, que existe pela graça de Deus, para revelar a glória de Jesus e testemunhar de sua bondade e de como é a sua obra de trazer todos os filhos pródigos de Deus para casa”. (pgs. 117,118) Toda vez que leio ou ouço um sermão sobre a igreja, nunca deixo de me surpreender em que seja assim que Deus tenha escolhido mostrar a sua glória. Isso é particularmente verdadeiro quando penso em nossa pequena igreja de desajustados em um conjunto de moradia popular em Edimburgo. Às vezes eu olho em volta em um domingo e penso, “Uau, como, na terra, podem todos esses indivíduos completamente diferentes estar juntos em uma mesma sala”? Só pode ser por causa de Cristo, e isso fala muito para aqueles que ainda estão para ser salvos. Os dois capítulos finais são sobre como usar os dons que Deus lhe deu e lembrar que ele vai sustentá-la quando você se sentir sobrecarregada pela tarefa à frente.

Gloria conclui o livro apontando as leitoras para a eternidade: “Na verdade, cada uma de nós foi dotada para servir como parte da noiva de Cristo, a igreja. Mas não estamos obcecadas com as coisas de Jesus, e sim com o próprio Jesus. Visto que ansiamos pelo nosso noivo celestial, não ficamos no altar admirando o laço de nosso vestido de casamento; observamos as portas com grande expectativa pela chegada de Jesus”. (pg. 154). Eu incentivo fortemente qualquer esposa de pastor que esteja se sentindo sobrecarregada, desencorajada ou que perdeu o amor de servir a Jesus a fazer uma boa leitura deste livro.

 

[i] N. do T. – Essa tradução cita as referências considerando a versão do livro em Português, lançado pela Editora Fiel.

[ii] N. do T. – Embora esse artigo considere os contextos dos Estados Unidos e do Reino Unido, nós, do Voltemos ao Evangelho, o consideramos relevante também para o contexto Brasileiro.

 

Tradução: Paulo Reiss Junior

Revisão: Filipe Castelo Branco.

Fonte: Loving Jesus, The Church & Your Husband As a Pastor’s Wife.

Hits: 1011


O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.

Receba nossas Notificações



Miriam McConnell
Autor Miriam McConnell

Miriam McConnell tem servido em Niddrie desde 2007. Durante esse tempo ela esteve envolvida em praticamente todos os diversos ministérios da igreja. Nos...



20schemes
Parceiro 20schemes

20schcmes existe para edificar igrejas saudáveis centradas no evangelho para as comunidades mais pobres da Escócia. Nosso desejo de longo prazo...