• Envie para um amigo

    Favor Preencher
    Favor Preencher
    Insira um Email Válido
Artigo

A Voz das Esposas Cristãs

Kathleen Nielson 18 de Julho de 2012 - Vida Cristã

Podemos ser engraçadas por alguns momentos? Falando com clareza, TGC (The Gospel Coalition) e as mulheres representadas neste artigo creem no que creem sobre casamento, não primariamente por causa de experiência, e sim fundamentalmente por causa da Palavra de Deus. Fui impressionada recentemente por muitas esposas dotadas e fortes que, com alegria e de maneira produtiva, deram testemunho da beleza do padrão das Escrituras para o casamento - liderança, submissão e tudo mais!

Os complementarianos (aqueles que sustentam a ideia de que homem e mulher têm papéis diferentes, mas complementares) ouvem frequentemente que os dons das mulheres estão sendo ignorados ou não utilizados. Em alguns casos, isto é verdade. No entanto, num esforço de abrandar ou eliminar as distinções bíblicas entre homens e mulheres, a culpa das dificuldades das mulheres é muito frequentemente atribuída a essas distinções, em vez de ao coração humano pecaminoso que - quer se incline para o complementarianismo, quer para o igualitarismo - busca tão facilmente seu próprio proveito, e não o bem dos outros. Seria possível, pela graça de Deus, o evangelho vivido no casamento restaurar à liderança e à submissão de esposos e esposas a sua beleza legítima que reflete a Cristo?

As seguintes palavras de mulheres não são provas, e sim vislumbres da graça de Deus. Aqui o foco é limitado, enquanto observamos brevemente a vida de algumas mulheres casadas - reconhecendo que essas histórias de graça, vigor e produtividade emergem de todos os tipos de vida, casadas ou não. Mas o casamento tem estado, de muitas maneiras, em nossa consciência cultural e não apenas na igreja. Todas as forças que combatem esta instituição têm-na colocado realmente no palco público, de maneira vívida, para ser debatida. Por causa destas batalhas culturais, mas especialmente por causa da maneira como a Bíblia fala sobre o casamento, ele é um assunto crucial para todos nós, apesar do status de nosso relacionamento.

Kathy Keller nos oferece uma voz clara de mulher, juntamente com seu marido, Tim Keller, em seu novo livro, The Meaning of Marriage (O Significado do Casamento). Eles não fazem, certamente, o casamento parecer sentimental ou fácil, mas a voz deles atinge uma clareza firme e jubilosa em afirmar o evangelho de Jesus Cristo como o poder e o padrão para casamentos bíblicos, conforme ensinado em Efésios 5.

Mas essa é a voz de Tim e Kathy Keller! Ouçamos outras vozes de mulheres cristãs casadas que têm como alvo, pela graça de Deus, o modelo evangélico de liderança amorosa e submissão respeitosa ensinadas nas Escrituras e vividas por Cristo mesmo. Fiz a este grupo de dez mulheres uma pergunta:como o seu marido a tem encorajado a crescer e a usar seus dons para o reino?

Estas mulheres são todas diferentes e, com certeza, não apresentam um estilo de vida específico a ser imitado. Todas sabem que elas e seus esposos não são perfeitos (como o sabem os Kellers!). Elas têm enfrentado lutas - com enfermidades, filhos deficientes, morte precoce, tensões árduas em bons casamentos. Mas elas confiam no amor de Cristo, em primeiro lugar, e no amor dos esposos que, de maneiras óbvias, se dão para elas. Espero que os esposos sejam encorajados, notando o que as mulheres dizem e apreciam a respeito de maridos piedosos. Espero que as esposas sejam encorajadas, percebendo que o padrão de Deus, exposto no evangelho, nos faz crescer e nos instrui em direções repletas de alegria, mesmo quando o seguimos hesitantemente. Espero que pessoas solteiras sejam encorajadas, crendo que o casamento é um ótimo dom de Deus por meio do qual devemos viver a beleza e a verdade do evangelho.

Palavra de gratidão

Mindy Belz, editora da revista World, mora em Asheville (Carolina do Norte). Ela e seu marido, Nat, trabalham em escrever e publicar - e na criação de seus quatro filhos quase adultos. Ela me disse que poderia ter escrito sobre o fato de que Nat mudara todas as cortinas de vinil bolorentas do banheiro enquanto ela esteve recentemente no Afeganistão, mas, em vez disso, ela me enviou o seguinte.

Uma das maneiras mais importantes pelas quais meu esposo me encoraja a crescer e a usar os dons que Deus me deu para o reino de Cristo é, primeiramente, reconhecer que todas as qualidades e talentos que eu tenho são apenas isto - dons. O Senhor os deu. Portanto, nós os usamos com renúncia, com alegria, na enfermidade e na saúde, e às vezes apenas por um tempo (visto que o Senhor também os retira). Meu esposo tem liderado com gratidão por tudo que há em nossa família, dentro e fora de nossa vida, e tem colocado o servir ao reino em primeiro lugar, de maneira que são cativantes e prazerosas. Além disso, ele me tem ajudado muito em estabelecer prioridades. Com muita frequência, sou impelida pela tirania do urgente, do clamoroso, do emocional ou do egoísta, porém o meu marido é, e sempre tem sido, um guia firme e digno de confiança para as coisas que vêm primeiro, ainda que seja ver uma peça de teatro na escola ou sair em viagem de negócios.

Anne Harley Duncan tem ensinado, administrado e aconselhado em contextos educacionais, desde o nível elementar até ao superior. Ela se descreve, presentemente, como o melhor motorista de taxi da região, transportando seus filhos pré-adolescentes e adolescentes por toda a cidade de Jackson (Mississippi), onde seu esposo, Ligon, pastoreia a First Presbyterian Church.

No início de nosso namoro, Ligon deixou claro para mim que ele celebrava mulheres dotadas com o dom de liderança, tendo se beneficiado do exemplo dessa celebração em seu pai e sua mãe. Embora ele quisesse muito um lar complementário, como eu, ele vê seu ministério para mim como um ministério de liderança, consulta e proteção, assegurando que eu não "o exceda" em meu zelo por servir. Minha primeira prioridade é o nosso lar. À medida que Deus me tem dado oportunidades e, em oração, as avaliamos reciprocamente durante os anos de nosso casamento, tenho trabalhado como professora universitária, professa em seminário, conselheira numa clínica particular e diretora de serviço comunitário em nossa escola local de ensino médio - bem como em várias funções de liderança nas escolas de nossos filhos e em nossa igreja. Ligon me tem encorajado e ajudado a manter licenças profissionais por meio de seminários e clínicas. Também tenho ficado em casa, em certas épocas, com a única responsabilidade de "mãe" e "esposa". Em todas as épocas, o principal desejo de meu esposo é me capacitar, esperançosamente, enquanto sou liderada, a usar os dons que Deus me deu num ministério criativo, jubiloso e missional. Se eu sinto que é tempo de servir em alguma outra área, Ligon deixa claro que me ajudará "a fazer isso acontecer". Isso significa que ele tem usado suas mãos para "cozinhar, lavar louças e ser chofer" - e, sempre, com um sorriso! Ligon é um encorajador honesto e, embora seja ele mesmo bastante ocupado, está sempre preocupado com que eu experimente contextos de contribuição significativa.

Nancy Gutrie é uma autora e professora de Bíblia que mora em Nashville, com seu esposo, David, e seu filho, Matt. Ela e David são responsáveis pela série de vídeos GriefShare e pelo Retreat Respite para casais que já experimentaram a morte de um filho.

David nunca me deixa sair de casa por uma semana ou um fim de semana com murmuração, e sim com alegria, assegurando-me que não se importa com o fato de que estou deixando-o com nada mais do que a geladeira. Ele espera pacientemente quando pessoas querem falar comigo, quando sei que ele preferiria continuar indo. David se alegra comigo quando eu leio para ele um e-mail de alguém que foi beneficiado por meu ministério, em vez de agir como se estivesse realmente cansado de tudo isso. Ele oferece cuidadosamente críticas que eu preciso ouvir (o que é frequentemente doloroso para mim, porque respeito muito sua opinião), em um tom e contexto que me deixa saber que ele é por mim e não contra mim. David me ama e me aceita pelo que sou, provendo-me um porto seguro no qual eu posso ser fraca e necessitada, bem como um fundamento sólido com base no qual posso me entregar com alegria e liberdade.

Lisa Helm gosta de administrar uma família atarefada de cinco filhos, em Hyde Park (Chicago), e de trabalhar para uma empresa de investimento. Por mais de 20 anos, ela tem estado muito envolvida no ministério pastoral de seu marido, Dave, na Holy Trinity Church, especialmente em liderar mulheres e crianças no estudo da Bíblia.

O maior encorajamento de meu crescimento espiritual tem sido a confiança de Dave na verdade e no poder da Palavra de Deus. Por mais de 25 anos, ele tem explicado fielmente a Palavra de Deus para mim, por meio de sermões, na mesa do jantar e no café da manhã. Tenho sido moldada não somente por Dave me ensinar a Palavra, mas também por ele vivê-la. Meu esposo me ama... sacrificialmente. Ele é perfeito? Não. Mas eu o tenho visto, dia após dia, tentando morrer para si mesmo e demonstrando amor para mim. Essa combinação de Palavra e atos tem me estimulado em minha fé. Liberta-me para servir àqueles que estão ao meu redor. Encoraja-me a ser mais como Cristo, a viver sem egoísmo, a edificar a igreja. Porque todas sabemos que mostrar hospitalidade sem murmuração é muito mais fácil quando seu esposo lava o assoalho da cozinha!

Patricia Lindley, mãe de cinco e avó de sete, vive com seu marido, Gary, em Lookout Mountain, perto de Chattanooga (Tennessee). Patricia ajudou a estabelecer e tem servido por 11 anos como diretora-executiva do Chattanooga's Choices Pregnancy Resource Center. Ela é um membro fundador da diretoria do National Memorial of the Unborn.

Por mais de 35 anos dos nossos 40 anos de casamento, meu esposo e eu temos nos envolvido profundamente nos esforços pró-vida. Vemos a necessidade de que mais cristãos lidem com a questão do aborto como uma questão tanto de justiça como de misericórdia e tomem uma posição em palavras e atos. Tenho servido na coalizão pró-vida de Chattanooga e, também, como membro voluntário da diretoria e, agora, diretora-executiva de nosso centro de crise de gravidez local. Nenhuma dessas coisas seria possível sem a parceria de meu esposo em criar nossos cinco filhos e seu amoroso cuidado por mim em anos de desafios na saúde. Como professor de História, ele me tem dado perspectivas e discernimentos. Como um edificador, ele tem trazido espontaneamente suas habilidades de carpintaria para completar projetos no centro. Acima de tudo, ele é meu encorajador e me tem dado confiança para enfrentar situações difíceis e apoiado meus esforços com oração fiel.

Kristie Anyabwille é uma esposa de pastor, dona de casa feliz e mãe de três filhos em um lar frequentemente cheio de membros adicionais "adotados". Vivendo nas Ilhas Caimãs, onde seu esposo, Thabiti, pastoreia a First Baptist Church, Kristie é apaixonada por mentorear mulheres jovens na fé.

Meu esposo me encoraja constantemente a crescer e a usar meus dons para o reino. Ele valoriza o que eu faço e dá importância às minhas contribuições ou serviço para a família. Entra em meu mundo ajudando com coisas no lar - com alegria e compaixão - para deixar-me livre para desenvolver relacionamentos e projetos de ministério, permitindo-me descansar e refrescar meu corpo e meu espírito. Ele se interessa por minha vida espiritual, fazendo-me regularmente perguntas sobre a maneira como estou crescendo (ou lutando), o que o Senhor está me ensinando por meio de sua Palavra, como estou me beneficiando de livros, blogs, sermões, etc. Ele me ajuda a discernir áreas de ministério que devo seguir ou rejeitar. Meu esposo me ajuda a dizer "não" para coisas boas, a fim de dizer "sim" para coisas mais convenientes para a fase em que estamos da vida, da família e do ministério. Ele me tira da zona de conforto por desafiar-me a usar dons, que vê o Senhor desenvolvendo em mim, mas que não são sempre evidentes para mim. Ele é meu melhor amigo, incentivador e pastor. Em cada um desses papéis, ele coloca o coração, a mente e ações nas coisas celestiais, inspirando-me a fazer o mesmo.

Rebecca Painter foi graduada e serviu na profissão de enfermeira, primariamente na área de geriatria. Ela mora em Princeton (Nova Jersey), com seu esposo, Rob, um banqueiro de investimentos em Nova Iorque, e seus cinco filhos. Atualmente, Rebecca serve na função de conselheiro administrador no Covenant College, bem como em várias funções de liderança na Wilbrforce School, a escola cristã clássica onde seus filhos mais velhos estudam.

Louvo a Deus por um esposo cujo amor por mim está arraigado em sua fé em Jesus Cristo e não depende de minha aparência, habilidades domésticas ou contribuição financeira. Meu esposo está sempre pronto a lembrar-me que a obra que faço em criar filhos é mais valiosa para a nossa família do que um cheque de salário e que toda a minha educação e experiência são cruciais para cumprir esta difícil tarefa. No entanto, quando surgem oportunidades de ministério que me permitem usar meus dons para servir ao Senhor fora do lar, meu esposo me apoia de todo o coração. Ele é um pai ativo que cuida, espontaneamente, de nossos cinco jovens filhos em minha ausência. O seu deleite em ser pai me livra de preocupação e distração quando preciso estar totalmente presente em outro lugar. Ele é interessado em ouvir sobre o meu trabalho e faz comentários valiosos. Meu esposo me encoraja a liderar e participar quando me sinto chamada, e me assistirá nestas oportunidades, na medida de sua capacidade. Ele entende como o crescimento e o refrigério espiritual, em minha vida, fortalecem a vida espiritual de nossa família.

Keri Folmar vive em Dubai, com seu esposo, John, pastor da United Christian Church, de Dubai, e seus três filhos. Em anos anteriores, Keri foi a principal conselheira no Subcomissão Judiciária sobre Constituição, da Câmara de Deputados, em Washington DC. Ele escreve, ensina e lidera estudos bíblicos para mulheres em sua igreja, trabalhando com mulheres de todo continente habitável.

Aprecio esta pergunta, porque meu esposo é um encorajador dotado, e eu tenho sido a principal beneficiária nos últimos 14 anos. Olhando para trás, compreendo que John foi o maior estímulo que Deus usou para promover crescimento espiritual em minha vida. John me estimulou a conhecer a Deus melhor por me transmitir o evangelho e por amar supremamente a Cristo em sua própria vida. Vivendo com ele, não posso deixar de amar as Escrituras e proclamar o evangelho aos outros por causa de seu amor a Deus e às pessoas, e porque seu entusiasmo pela expansão do reino é contagiante. Johan sempre me trata como uma pessoa coigual no reino. Sua prioridade quanto a mim sempre foi que eu tivesse um relacionamento íntimo com o Senhor. Quando os filhos eram novos, John assegurava que eu tivesse tempo, durante o dia, para ler as Escrituras e orar. Ele me lembrava a importância da obra que eu estava fazendo, quando trocava fraldas e lia livros para as crianças. (Ele trocou muitas fraldas e leu muitos livros para as crianças também!) Durante os anos de seminário, ele separava uma noite de nossa agenda cheia de compromissos, cada semana, e deixava de lado sua carga de trabalho para gastar tempo com nossos bebês, a fim de que eu pudesse assistir às aulas no seminário. John também me incentiva a compartilhar o evangelho, estudar a Bíblia, discipular e ensinar outras mulheres. Ele edita e faz comentários valiosos para tudo que escrevo, mesmo quando ele éesmagado pelo tempo. Ele afirma regularmente o que tenho escrito e ora comigo pelo fruto entre as senhoras que eu ensino. John quer, de todo o coração, glorificar a Deus e nos vê como parceiros no esforço de expandir o reino de Deus. Na paternidade e no ministério, John me dá conselhos sábios e considera valioso meu conselho. Também sou grata pelo dom que Deus me deu em John!

Jane Hensel usou seu MBA da Northwestern University's Kellog School of Management por vários anos em trabalho bancário, em Nova Iorque e Chicago, bem como em desenvolvimento no Wheaton College. Ela e seu esposo, Andy, têm quatro filhos e moram em Chicago. Jane serve na administração da The Charles Simeon Trust.

Meu esposo, Andy, tem-me encorajado de muitas maneiras enquanto tenho apreciado ser uma mãe que fica em casa nestes últimos 18 anos. Desde o começo, víamos a criação de nossos quatro meninos como o cuidar de almas eternas. Por isso, Andy sempre valorizou meu trabalho no lar. Durante os primeiros anos, teria sido fácil perdermos de vista o alvo final de criar filhos que amam o Senhor Jesus. Houve fraldas a serem trocadas, banhos a serem dados, refeições a serem feitas, louças e roupas a serem lavadas - um ciclo aparentemente interminável de tarefas. Entretanto, Andy orava consistentemente por mim e me apoiava com nossa crença unânime de que eu estava usando os meus dons para cuidar de nossos filhos preciosos cada dia. No passar dos anos, ele afirmou repetidas vezes meu ensino espiritual para a vida dos meninos, minhas habilidades organizacionais, minhas capacidades de administrar dinheiro e minhas proezas culinárias. Quando vi meu filho mais velho sair para a faculdade neste ano, compreendi quão rapidamente os anos se passaram e quão grata eu era por ter o amor e o encorajamento de Andy em todos estes anos.

LaVon Buswell é casada há 62 anos com seu marido, John, um professor de seminário e pastor durante muitos anos. Por décadas, LaVon ensinou em escolas e dirigiu coros de igreja. O casal tem duas filhas, seis netos e nove bisnetos.

Em 1949, quando John e eu unimos nossas vidas em casamento, eu sabia que ele estava convicto de uma chamada clara do Senhor para o ministério na igreja. Quando deixamos a faculdade e seminário, já estávamos servindo como uma equipe. Nos esforçávamos conscientemente para interpretar 1 Pedro 3, à medida que a nossa vida se desenvolvia. Por que o meu esposo, que orava diariamente para ser um pastor fiel, não desejaria me encorajar a usar meus dons para promover os alvos que o Senhor nos dera?  Muitas portas excitantes e desafiadoras se abriram para eu servir ao lado de meu esposo na igreja e na comunidade. Depois de considerar, em oração, John me encorajaria a entrar corajosamente por essas portas. Que gozo é ensinar a idades diferentes, ajudar a desenvolver coros de crianças e adultos, unir-se aos ministérios de mulheres e, frequentemente, abrir nosso lar para boa comunhão. Com o passar dos anos, nosso amor se tornou ainda mais profundo, enquanto juntos procurávamos treinar nossas filhas a crescer para amar e servir ao Senhor. A força e o alicerce que sustentaram o nosso lar sempre foram a Palavra de Deus e a oração, juntas. John tem sido verdadeiramente o líder espiritual em esforçar-se diariamente, através de todos esses anos, para lermos a Bíblia e orarmos juntos. Agora, em nossa oitava década como uma equipe, que bênção é começar cada dia lendo a Bíblia, em voz alta, e orando por queridos e necessitados ao redor do mundo!

Encoraje-se

Nenhum de nós deveria sonhar que já domina este assunto de casamento! Esse casal mencionado por último, já em seus 80 anos, que são meus pais, agora sabe melhor do que antes quão desesperadamente necessitam de sua leitura bíblica e oração matinal juntos, para atravessarem o que quer que o dia lhes traga. Entretanto, creio que devemos ser encorajados pelas vozes daqueles que estão provando a bondade do desígnio de Deus para o casamento. Muitos de nós poderiam unir-se em dar testemunho da bênção de um cônjuge piedoso. Muitas vozes de mulheres poderiam ser acrescentadas a estas palavras de gratidão por um esposo que celebra os dons de sua esposa e faz tudo que é possível para certificar-se de que esses dons são fomentados e usados por Deus - desde o cuidado espiritual à limpeza de assoalhos de cozinha e nádegas de crianças! Muitos de nós poderiam ser desafiados a focalizar-se nestas coisas ainda mais cuidadosamente.

Acima de tudo, espero que nós, na igreja, sejamos encorajados a proteger e seguir o ótimo dom do casamento, dado por Deus, para que vivamos cada vez mais o amor de Cristo e de sua igreja, entre nós mesmos e no meio de um mundo necessitado.

Hits: 25361


O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.

Receba nossas Notificações



Kathleen Nielson
Autor Kathleen Nielson

Kathleen Nielson serve como diretora de Assuntos Femininos do ministério The Gospel Coalition. Ela é uma conferencista conhecida, autora e coautora de...



The Gospel Coalition
Parceiro The Gospel Coalition

O Ministério The Gospel Coalition (TGC) é uma comunidade de igrejas evangélicas, profundamente comprometidas com a renovação da...

Conteúdos Relacionados

Não há conteúdo relacionado

Produtos Relacionados

Não há produto relacionado