• Envie para um amigo

    Favor Preencher
    Favor Preencher
    Insira um Email Válido
Artigo

Como pastorear pessoalmente os seus filhos

Brian Croft 24 de Junho de 2016 - Evangelização

 

A maioria dos pastores concordaria que nossa primeira prioridade é pastorear nossa família, depois pastorear a igreja. Contudo, eu temo que muitos pastores estão trabalhando duro no pastoreio de suas igrejas enquanto negligenciam suas famílias. O Senhor, em sua gentil providência, desafiou-me há alguns anos sobre isso quando minha negligência nesta área se tornou conhecida. No entanto, não foi um outro pastor que me desafiou. Foi um amigo de fora da cidade que trabalha como farmacêutico e serve fielmente como diácono em sua igreja local que expôs minha negligência. Seu esforço e modelo de pastoreio individual e regular de seus sete filhos, somado ao culto doméstico, desafiou-me, convenceu-me, inspirou-me e me envergonhou pelos meus esforços patéticos.

Esse pai piedoso pastoreava seus sete filhos separando uma manhã por semana para se encontrar individualmente com cada um dos seus filhos. Sete dias por semana, de forma que cada um dos sete filhos tinha uma manhã por semana com o pai deles. Eles oravam, liam as Escrituras, conversavam e liam um livro escolhido pela criança. Inspirado nesse exemplo maravilhoso, eu voltei para casa e estabeleci um modelo similar que permanece fielmente até hoje. Isso é o que faço para pastorear individualmente meus filhos com regularidade, somando-se ao nosso culto doméstico, assim como implicações relacionadas a esse modelo:

1) De segunda-feira a quinta-feira, cada filho tem um dia, e em seu dia ele ou ela pode ficar acordado de 30 a 45 minutos mais tarde do que o horário de dormir dos irmãos, a fim de nos encontrarmos antes de ir para a cama. Eu achava que eles ficariam animados por alguns dias, mas logo achariam tedioso. Mas não. Anos depois, eles aguardam por esse momento mais do que qualquer coisa, o que promove um senso natural de prestação de contas quando você está cansado do dia e está tentado a pular uma noite.

2) Nós lemos a passagem que eu vou pregar naquela semana, conversamos sobre ela e, então, lemos um capítulo de um livro escolhido por eles. No final, eu pergunto como eles estão e como posso orar por eles. Esta é uma ótima maneira de ver como eles realmente estão e lhes ensinar bons motivos de oração por outros. Então oro por eles e os levo para a cama.

3) Uma das maiores alegrias da minha esposa é ver meu esforço com nossos filhos e em liderar nossa família dessa forma. A última coisa que ela sente é estar deixada de fora (caso você esteja pensando nisso). O desejo de nossas esposas é que façamos esforços regulares, deliberados e de profundidade espiritual para cuidar de nossos filhos. Isso significará mais para elas do que percebemos ou entendemos. Eu acredito que isso é especialmente verdadeiro para as esposas que não trabalham fora de casa, que lutam arduamente nessa tarefa de pastorear seus pequenos corações o dia todo, quase sem folga.

4) Meus esforços com meus filhos me colocaram em condições de desafiar outros homens em minha igreja a fazerem algo parecido. Tem sido maravilhoso a maneira como os pais em nossa igreja têm abraçado isso e a maneira como isso tem permitido que eles vejam que podem liderar espiritualmente suas famílias com esforços deliberados. Pastores, o óbvio precisa ser destacado: você não pode desafiar os homens em sua igreja para fazerem algo que você não está fazendo um esforço fiel de cumprir. Pastoreio individual e regular do coração de nossos filhos é certamente um daqueles esforços que precisamos ser modelo para os homens em nossa igreja local. A falha deles em fazer isso pode ser um reflexo de sua falha em ser modelo.

Pastores, líderes e homens fiéis da igreja, que o Senhor use essa postagem de blog para trazer despertamento similar ao que eu precisei que o Senhor fizesse por meio do meu querido amigo muitos anos atrás. Então, querido irmão, comece a agir e tenha base prática em algo que a maioria de nós pastores e pais reconhecemos ser importante com os lábios, mas que poucos realmente se engajam na prática.

 


 

Tradução: Fabio Luciano

Revisão: Yago Martins

Original: How can I make sure I am individually shepherding my children?

Hits: 10661


O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.

Receba nossas Notificações



Brian Croft
Autor Brian Croft

Brian Croft é o pastor efetivo da Auburndale Baptist Church em Louisville, Kentucky. Ele também é autor de "Visit the Sick: Ministering...



Practical Shepherding
Parceiro Practical Shepherding

O ministério Practical Shepherding fornece conteúdo centrado no evangelho que visa equipar pastores e líderes nas questões práticas...