Artigos

Justificação - D. M. Lloyd Jones

Postado em: 22/04/1999

Justificação não significa meramente perdão. Inclui o perdão; no entanto, é muitíssimo maior do que este. Além disso, a justificação afirma que Deus nos declara completamente inocentes, considerando-nos pessoas que jamais pecaram. Ele nos proclama justos e santos. Agindo assim, Deus está refutando qualquer acusação que a lei faça contra nós. Não é apenas o juiz, no...

Saiba mais
A Eterna Redenção - Daniel E. Parks

Postado em: 23/04/2005

I. O que significa esta “eterna redenção”? A palavra grega se deriva do verbo que significa “libertar ante o recebimento de um resgate”. O redentor é Jesus Cristo, o parente remidor dos eleitos de Deus — “Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo” (Lc 1.68). O preço que Jesus pagou em favor da redenção de seu povo foi o seu próprio sangue, derramado em sua morte, no...

Saiba mais
Júbilo no Céu e Arrependimento - Edward Payson

Postado em: 29/06/2010

Por que os habitantes do céu se regozijam por pecadores arrependidos?... Deus não se alegra com o arrependimento de pecadores porque isso acrescenta alguma coisa à sua felicidade ou glória essencial. Ele é infinitamente glorioso e feliz; e continuará assim, embora todos os homens na terra e os anjos no céu se precipitassem loucamente no inferno... Então, por que Deus se regozija quando nos arrependemos? Ele se regozija porque seus...

Saiba mais
Um Crente Pode Apostatar? - R. C. Sproul

Postado em: 02/10/2014

Nós podemos viver em uma cultura a qual crê que todos serão salvos, que nós somos “justificados pela morte” e que tudo de que você precisa para ir para o céu é morrer, mas a Palavra de Deus certamente não dos dá o luxo de crer nisso. Qualquer leitura rápida e honesta do Novo Testamento mostra que os apóstolos estavam convencidos de que ninguém pode ir para o céu a menos que creia somente em...

Saiba mais
A Missão de Jesus aos Perdidos - Thomas R. Schreiner

Postado em: 14/11/2013

Ao ler Lucas 15, é fácil esquecer o contexto, especialmente ao ler a parábola do filho pródigo. O capítulo começa com os fariseus e os escribas criticando Jesus por comer com publicanos e pecadores (versículos 1-2). A comunhão à mesa de Jesus com os pecadores significa o evangelho da graça. Todos aqueles que se convertem dos seus pecados e colocam sua fé em Deus desfrutarão do banquete messiânico para...

Saiba mais
Quanto ao Vir a Cristo - Parte 1 - Ernest Reisinger

Postado em: 24/04/1999

“Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas; e vós, os que não tendes dinheiro, vinde, comprai e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite. Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão, e o vosso suor, naquilo que não satisfaz? Ouvi-me atentamente, comei o que é bom e vos deleitareis com finos manjares. Inclinai os ouvidos e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma...

Saiba mais
Fé ou Arrependimento: o que vem primeiro? - Sinclair Ferguson

Postado em: 24/04/2014

Quando o evangelho é proclamado, à primeira vista parece que duas diferentes respostas, até mesmo alternativas, são necessárias. Às vezes o chamado é “Arrependa-se!”. Assim, “apareceu João Batista pregando no deserto da Judéia e dizia: ‘Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus’” (Mt 3.1-2). Novamente, Pedro insta com os ouvintes cujas consciências foram...

Saiba mais