Canal Imprensa
  • Envie para um amigo

    Favor Preencher
    Favor Preencher
    Insira um Email Válido

1ª Conferência Fiel em Guiné-Bissau

1ª Conferência Fiel em Guiné-Bissau

No ano de 2010, um jovem seminarista guineense estudando em SP, passou a integrar o Ministério Adote um Pastor. Durante um período de três anos, o irmão Miguel Indibe recebeu 39 livros da Editora Fiel e teve oportunidade de participar de três conferências para Pastores e Líderes.

Enquanto ainda seminarista, tratou de fazer conhecido o Ministério Fiel em seu país natal e, assim, mais pastores guineenses foram adotados e incluídos no MAP. Em 2014 retornou a Guiné-Bissau com sua família, sonhando com a possibilidade de ver em seu país uma das conferências da Fiel como já acontecia em Moçambique, e a sã doutrina sendo ensinada nos seminários e igrejas. Ele então tornou-se o representante do MAP em seu país.

Enquanto orávamos ao Senhor sobre a possibilidade de uma primeira Conferência Fiel em Guiné-Bissau, o Pr. Indibe nos enviou o seguinte email:

“Estamos contentes com os livros que têm chegado até nós. Tem sido uma ferramenta muito importante para o avanço da obra do Senhor.

Aqui os desafios são enormes e uma das realidades que temos vivido hoje prende-se ao avanço do islamismo no país. Hoje os países árabes estão fazendo grandes investimentos no país, construindo mesquitas e implementando projetos sociais que estão atraindo a população.

A igreja evangélica tem feito grande esforço! Mesmo com pouquíssimos recursos disponíveis, estamos evangelizando e plantando igrejas. Estamos vendo conversões, mas na maioria dos casos esses convertidos não tem lugar apropriado (templo) para se reunir. 

Continuem orando por nós, para que Deus coloque fogo no coração dos países cristãos a fim de investir na obra do Senhor na nossa nação.

Quanto a vossa vinda, continuamos aguardando, aliás, tínhamos conversado sobre a possibilidade de vocês virem esse ano para organizar aquela conferência. Estamos contando com isso, seria muito bom.

Que o Senhor vos abençoe,
Miguel”

Para a Glória de Deus, de 17 a 19 de novembro de 2016, na capital Bissau, aconteceu a 1ª. Conferência Fiel para Pastores e Líderes, com o tema “O que é uma igreja Saudável?”. Veja nas palavras do Pr. Edvânio Silva, missionário pelo Ministério Fiel e um dos responsáveis pela Conferência em Guiné-Bissau, como foi:

"Tivemos a participação de 150 pastores e líderes, de praticamente todas as denominações.

A maioria era da capital, Bissau, embora, surpreendentemente, tenhamos recebido pessoas de outras cidades mais afastadas da capital. Como devemos saber, a situação econômica da população do país é bastante limitada (Guiné-Bissau é considerado um dos países mais pobres do mundo), de forma que nem todos aqueles que vivem mais afastados da capital têm condições financeiras de vir participar. Aliás, muitos dos que vivem na capital também não teriam condições de estar. Realizar a Conferência num salão de hotel, climatizado, com 4 refeições e dois cafés da manhã, pelo preço de apenas uma refeição, foi considerado pela maioria como uma dádiva.

Participaram também alguns missionários que desenvolvem suas missões no país. Destaque para a missionária Adriana, da JMM - Junta de Missões Mundiais da Convenção Batista do Brasil, da qual recebemos todo o apoio na coordenação da Livraria. Para a secretaria do evento, viajou conosco a filha mais velha Raíssa, cuja participação foi fundamental na organização do evento. 

Outro ponto a se destacar foi a livraria da Conferência. Nós levamos 320 exemplares de 74 títulos diferentes, quevieram do nosso estoque em Lisboa. Aplicamos um desconto de 70% e levamos como bagagem, de forma que foi possível oferecer um preço bastante acessível. Apesar disso, e conhecedores da situação econômica, não esperávamos que houvesse uma procura tão grande. Pensávamos que iríamos vender algo em torno da metade do que levamos, e que o resto ficaria na Livraria Speransa, à disposição dos crentes. Pois bem, vendemos 88% do que levamos. Louvado seja o Senhor!

Em Guiné uma observação salta aos olhos logo nos primeiros contatos daqueles que visitam o país pela primeira vez. Apesar de pertencer aos PALOPs (Países de Língua Oficial Portuguesa), a maioria da população não fala o Português. A maioria, especialmente na capital, fala o Criolo. Até nas escolas, onde o material didático é todo em Português, há um grande esforço para que as crianças sejam alfabetizadas na língua oficial, e não na língua do povo. Ou seja, elas aprendem Português na escola, mas falam Criolo em casa e em praticamente todos os lugares. O mesmo acontece na Igreja. Apesar de receber formação em Português, visto que não há literatura em Criolo, a maioria dos pastores e líderes se comunica em Criolo. Nossa Conferência usou o Português para se comunicar, como parte deste esforço para que a Língua Oficial seja buscada, estudada, aprendida e falada pelo povo.

As impressões que ficam desta primeira experiência são altamente positivas. O evento aconteceu sem nenhum problema estrutural ou de programação, que aliás foi bastante pontual. Em Guiné, diferentemente das outras conferências, nós oferecemos o “pequeno-almoço” (café da manhã), que estava marcado para começar às 8h30 da manhã. As palestras começavam às 9h30. Mas qual não era nossa surpresa quando víamos o salão já todo tomado 15 minutos antes do horário. O programa seguia com duas palestras pela manhã, e depois, o almoço. À tarde, recomeçava às 15h, com mais duas palestras e uma pregação, antes do jantar de despedida, já que não havia nenhuma programação à noite. A atenção de todos os participantes e a pontualidade foi uma marca extremamente positiva e motivadora.

Os desafios em Guiné são muito grandes! Por todos os lados é notória a desestrutura, a instabilidade política, as dificuldades econômicas, a pobreza, a falta de acesso à Educação e o baixo nível do sistema educacional, além de várias outras situações que marcam a experiência de quem visita e vive nesta terra tão carente. Nossa oração é que esta Conferência Fiel tenha sido útil para a Igreja do Senhor Deus em Guiné-Bissau. Que a igreja, bem instruída e fundamentada nas Escrituras, possa ser usada por Deus para ajudar a diminuir o caos em que vive o povo, que anda nas trevas, sem esperança. Sabemos que o Verdadeiro Evangelho, quando anunciado corretamente e vivido fielmente pelo povo de Deus, pode transformar sociedades. Esta é a nossa esperança para Guiné-Bissau!

Que o Senhor nosso Deus seja a Glória, na Igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém."

Os desafios foram muitos e as despesas também. Mas graças ao bom Deus, através de doações realizadas por vocês, nós conseguimos cobrir mais de 1/3 das despesas! 

Assim, já estamos pensando na próxima Conferência Fiel que será realizada em Guiné-Bissau. Louvado seja Deus!