terça-feira, 15 de outubro
Home / Artigos / A necessidade da graça

A necessidade da graça

Começando um sermão em Romanos 8.29, Spurgeon disse: Era muito natural, portanto, que uma profunda experiência espiritual o levasse a perceber claramente as doutrinas da graça. Porque uma experiência assim é a única escola em que estas grandes verdades podem ser eficazmente aprendidas. A falta de profundidade na vida interior é a causa da maioria dos erros doutrinários na igreja.

A sã convicção de pecado, a profunda humilhação em face do pecado e um senso de total fraqueza e indignidade naturalmente conduzem a mente à crença nas doutrinas da graça, enquanto que a superficialidade quanto a essas questões deixa o homem satisfeito com seu credo superficial.

Os ensinamentos comumente chamados de doutrinas calvinistas, geralmente são mais apreciados e mais calorosamente recebidos por aqueles que tiveram intensos conflitos de alma e aprenderam a força da corrupção interior e a necessidade da graça divina. Ele disse, ainda: Que poderei dizer a vocês que são crentes, senão isto: por amor desta graça, demonstrem gratidão, vivam mais como o Senhor de vocês viveu e mais dedicados ao serviço de Deus. Procurem gastar e serem gastos nEle.

Nada pode fazer um homem trabalhar por Cristo tanto como a graça gratuita; e os que crêem nesta doutrina da graça gratuita e, apesar disso, mostram-se inativos, por certo defendem a doutrina na injustiça, pois não existe princípio tão ativo e impulsionador quanto esse.


Autor: Charles H. Spurgeon

C. H. Spurgeon (1834-1892) era pregador, autor e editor britânico. Foi pastor do Tabernáculo Batista Metropolitano, em Londres, desde 1861 até a data de sua morte. Fundou um seminário, um orfanato e editou uma revista mensal chamada “Sword and Trowel”. Conhecido como “Príncipe dos Pregadores”, Spurgeon escreveu muitos livros e artigos, particularmente na área devocional.

Ministério: Ministério Fiel

Ministério Fiel
Ministério Fiel: Apoiando a Igreja de Deus.

Veja Também

Por que um pastor deveria ficar muito tempo em uma igreja?

Pastores, permaneçam firmes nas coisas que vocês sabem ser verdadeiras e corretas.