quinta-feira, 17 de outubro
Home / Artigos / Como futuros pastores podem servir suas esposas?

Como futuros pastores podem servir suas esposas?

Pastores aspirantes geralmente estão muito ansiosos para se tornarem pastores. Com razão. Por isso, quem aspira ao ministério pastoral, com frequência sonha com o futuro de um dia servir nessa posição e se esquece de algumas maneiras muito significativas pelas quais pode servir sua esposa agora, de um modo que não poderá quando se tornar um pastor que prega toda semana. Aqui estão algumas dessas maneiras:

1) Sente-se com sua esposa na igreja em toda oportunidade que tiver.

Se você perguntar à esposa de um pastor o que ela mais deseja nas férias, a maioria responderá: “Desejo sentar ao lado de meu marido na igreja”. É por isso que você não deve pregar durante as férias. Se você não está pregando regularmente aos domingos, faça tudo o que puder para se sentar com sua esposa. Chegará o dia em que você não sentará e você e sua esposa, especialmente, ficarão felizes por você já ter feito disso uma prioridade.

2) Fique em casa no domingo com os filhos doentes.

Esta é uma maneira maravilhosa pela qual qualquer homem serve a sua esposa quando os filhos são pequenos. Na verdade, um de nossos pastores exemplificou isso bem em um domingo recente. Ele enviou sua esposa para a igreja, enquanto ficou em casa com seus filhos doentes para que ela pudesse vir ouvir a Palavra. Minha esposa SEMPRE fica em casa aos domingos quando os nossos filhos estão doentes porque estou pregando. Até que esse dia chegue, sirva a sua esposa nesses momentos. Ela agradecerá.

3) Cuide das crianças durante o culto.

Uma das funções mais subestimadas de minha esposa em nossa igreja é que ela está sempre cuidando de nossos filhos sozinha durante o culto. A maioria dos maridos e esposas estão se esforçando juntos para cuidar dos filhos sentados durante o culto, mas minha esposa não. Ela está fazendo isso sozinha para que eu possa pregar. Quando você se sentar com a sua esposa durante o culto, tome a iniciativa de cuidar de seus filhos, corrigir problemas de comportamento e responder às suas perguntas irrelevantes feitas no meio do sermão. Seja aquele que sai com eles, se necessário. Está chegando um dia quando ela estará lidando sozinha com essas coisas.

Pastores aspirantes, estou contente que vocês estejam ansiosos para adentrar no ministério pastoral. Vocês devem estar. É uma grande alegria servir o povo de Deus no ministério público semanal da Palavra. No entanto, não permitam que a sua ambição para esse trabalho faça com que percam algumas maneiras singelas, mas práticas, pelas quais a sua esposa se sentirá muito amada e cuidada por vocês agora.

Pastores efetivos, leiam este artigo com sentimentos de gratidão por sua esposa. Ela age sozinha para que possamos fazer o que Deus nos chamou a fazer. Nunca subestimem o quanto ela apreciará um “obrigado” de vocês em relação a essas tarefas de domingo com os seus filhos, as quais nós facilmente consideramos como naturais.

 

Tradução: Camila Rebeca Teixeira

Revisão: André Aloísio Oliveira da Silva

Original: What are some ways an aspiring pastor can serve his wife before becoming a pastor?


Autor: Brian Croft

Brian Croft é o pastor efetivo da Auburndale Baptist Church em Louisville, Kentucky. Ele também é autor de "Visit the Sick: Ministering God’s Grace in Times of Illness”, (Prefácio de Mark Dever) e "Test, Train, Affirm, and Send Into Ministry: Recovering the Local Church’s Responsibility to the External Call", (Prefácio de R. Albert Mohler Jr). Brian escreve regularmente no blog Practical Shepherding.

Parceiro: Practical Shepherding

Practical Shepherding
O ministério Practical Shepherding visa equipar pastores e líderes de igrejas nas questões práticas do ministério.

Ministério: Ministério Fiel

Ministério Fiel
Ministério Fiel: Apoiando a Igreja de Deus.

Veja Também

Por que um pastor deveria ficar muito tempo em uma igreja?

Pastores, permaneçam firmes nas coisas que vocês sabem ser verdadeiras e corretas.