terça-feira, 5 de julho

Artigos

O teólogo do avivamento

Assim como Martinho Lutero permanece como o marco de uma nova época na História da Igreja, assim também Jonathan Edwards permanece como o limiar de um novo mundo evangélico, caracterizado por avivamentos. Entre Lutero e Edwards encontra-se John Owen, o Príncipe dos Puritanos, que representa três gerações de puritanos ingleses, …

Continue Lendo

A importância dos presbíteros

A natureza deste ofício supõe a importância dos presbíteros O presbiterato implica em liderança. A liderança deste ofício se manifesta: a) por meio de administração ou governo; b) por meio de instrução, ensino e pregação; c) por meio de exemplo. Vemos isto claramente em Hebreus 13.17: “Obedecei [esta é uma …

Continue Lendo

Examinai-vos a vós mesmos

As Escrituras Sagradas não precisam exortar-nos a examinarmos os outros. A natureza humana possui uma inclinação para fazer isso. A natureza humana demonstra propensão em achar erros nos outros, de modo que deixamos prontamente de encontrá-los em nós mesmos. Por isso, o Senhor Jesus nos exorta: “Não julgueis, para que …

Continue Lendo

Disciplina na igreja

Depois da pregação da Palavra, a administração fiel da disciplina é uma das características da igreja verdadeira; mas esta característica está desaparecendo em nossos dias. Os sermões não atacam os pecados sociais e o materialismo. E os pecados morais raramente são confrontados. O resultado dessa atitude é uma gradual infiltração …

Continue Lendo

Por que os crentes perseveram

A esperança que enchia o coração do apóstolo Paulo a respeito dos crentes de Corinto, conforme já sabemos, estava repleta de consolação para aqueles que se mostravam temerosos quanto ao futuro dos membros da igreja em Corinto. Por que o apóstolo acreditava que os crentes de Corinto seriam confirmados até …

Continue Lendo

Cristo é o seu senhor?

Não estamos perguntando se Cristo é o seu “Salvador”, mas se Ele é real e verdadeiramente o seu Senhor. Se Ele não é o seu Senhor, então, mui certamente Ele não é o seu “Salvador”. Aqueles que não receberam a Cristo Jesus como o seu “Senhor”, e, apesar disso, supõem que Ele seja …

Continue Lendo

O último sermão

A 24 de agosto de 1662, dois mil ministros puritanos do evangelho foram excluídos de seus púlpitos, tendo recebido a ordem de não mais pregarem em público. O Ato de Uniformidade, baixado pelo parlamento inglês, conhecido pelos evangélicos como a Grande Ejeção, pairava por sobre a Inglaterra como uma nuvem …

Continue Lendo