sexta-feira, 1 de julho

Perseverando em meio às dificuldades do ministério pastoral

Ouvir Artigo

Na semana passada, um dos meus mestres e heróis ministeriais, Bill Hughes, disse adeus para sua amada esposa, com quem esteve casado por 60 anos. Ela foi para a glória, onde se encontrou com seu Salvador, e seu sofrimento chegou ao fim. Bill passou a maior parte do seu longo e fiel ministério servindo na Escócia. Durante a semana, enquanto eu pensava no Bill e orava por ele, lembrei-me de uma verdade simples, mas profunda que eu aprendi com ele sobre como perseverar em meio às constantes lutas do ministério pastoral. Em uma exposição de 2 Coríntios 4 que eu ouvi Bill Hughes pregar, ele fez a seguinte observação para responder à persistente questão: “O que eu faço para perseverar em meio às dificuldades do ministério pastoral?”

“Nunca se esqueça da dívida que temos com a misericórdia”.

Entendeu o que eu quero dizer? É uma verdade simples e impressionante. Contudo, quando aplicada a qualquer coisa que nós, como pastores, estamos sujeitos a enfrentar, é capaz de produzir perseverança em cada tribulação, luta e dificuldade. Bill ensinou que quando nos lembramos de quem éramos e da imensa dívida que temos com a misericórdia de nosso Salvador, seremos mais pacientes, graciosos e misericordiosos até mesmo em meio aos conflitos e às reclamações mais teimosas e insignificantes que experimentamos na igreja. Do mesmo modo, se esquecermos de quem éramos e subestimarmos a dívida que temos com a misericórdia no evangelho, essas mesmas pessoas e questões nos consumirão, nos destruirá e destruirá o nosso ministério.

Queridos irmão, se você se sentir desencorajado, com raiva, se perguntando porque algumas pessoas da sua igreja dizem as coisas que dizem e agem da maneira que agem, e você não consegue mais suportar… não se esqueça da dívida que você tem com a misericórdia. É uma dívida maior do que você e eu seríamos capazes de quitar. É uma dívida que deve ter mais peso em nossos corações alegres do que a pessoa mais difícil de nossa igreja. Aplique essa poderosa verdade, que eu aprendi com esse homem agradável e fiel, e descubra se você é capaz de encontrar a esperança e a perspectiva que você precisa para aquela pessoa ou circunstânica difícil que você precisa enfrentar em seu ministério.

 

Tradução: Frank Brito.

Revisão: Filipe Castelo Branco.

Fonte: How do I endure through the difficulties of pastoral ministry?


Autor: Brian Croft

Brian Croft é o pastor efetivo da Auburndale Baptist Church em Louisville, Kentucky. Ele também é autor de "Visit the Sick: Ministering God’s Grace in Times of Illness”, (Prefácio de Mark Dever) e "Test, Train, Affirm, and Send Into Ministry: Recovering the Local Church’s Responsibility to the External Call", (Prefácio de R. Albert Mohler Jr). Brian escreve regularmente no blog Practical Shepherding.

Parceiro: Practical Shepherding

Practical Shepherding
O ministério Practical Shepherding visa equipar pastores e líderes de igrejas nas questões práticas do ministério.

Ministério: Ministério Fiel

Ministério Fiel
Ministério Fiel: Apoiando a Igreja de Deus.

Veja Também

Associe-se aos humildes

Quem são os humildes? Aqueles que não têm outra opção senão Jesus. Será que temos acolhido os que mais precisam?