quinta-feira, 19 de setembro
Home / Artigos / Transformação evangélica e aconselhamento bíblico (Parte 1)

Transformação evangélica e aconselhamento bíblico (Parte 1)

Recomendações de livros sobre aconselhamento bíblico:

Quero que comecemos hoje a pensar sobre alguns dos princípios básicos quando se trata de aconselhamento, o cristão e a igreja local. Paul Tripp diz que muitos de nós, e provavelmente a maioria dos cristãos que conhecemos, vivem no que ele descreve como a lacuna do evangelho do aqui e agora. Então, as pessoas têm um forte senso de como o evangelho as salvou e talvez uma vaga esperança do céu por vir, mas muito pouca ideia sobre como o evangelho é praticado e se aplica às suas vidas nas tribulações e problemas do aqui e agora.

Seis fatos inevitáveis têm ocorrido em nossos ministérios:

1. Alguém teve um problema em sua igreja nesta semana.

2. A Bíblia afirma que temos tudo o que precisamos no Evangelho para ajudar essa pessoa.

3. As pessoas buscam ajuda primeiro de amigos, familiares ou pastores antes de profissionais.

4. Essa pessoa ou não recebeu ajuda, ajuda ruim ou ajuda bíblica e centrada no evangelho.

5. Se tais pessoas não receberem ajuda significativa, irão busca-la em outro lugar.

6. Qualquer que seja a ajuda que recebam, tais pessoas a usarão para ajudar outros!

O problema é que, se a ajuda que receberam não for uma evidente ajuda evangélica, será algo que geralmente acaba prejudicando-as e a todos com quem convivem. O problema nas igrejas é que quando as pessoas tentam obter ajuda, o que elas recebem cai em seis categorias particulares.

Formalismo: É aqui que o evangelho é reduzido à participação em reuniões agendadas e ministérios na igreja. As pessoas são levadas a crer que a sua fé é definida por uma série de reuniões e eventos. Fraca frequência significa falta de fé e boa participação significa uma fé forte. Então, quando as lutas vêm, a resposta dos formalistas é ir a mais reuniões e se esforçar mais.

Legalismo: É aqui que o evangelho é reduzido a manter cuidadosamente as regras. Se ocorrer um problema, o conselho dado é um conjunto de regras a seguir e, enquanto as pessoas estiverem desempenhando-as, elas se sentirão como se estivessem progredindo.

Misticismo: É aqui que o evangelho é reduzido a experiências emocionais/espirituais. As pessoas baseiam a sua fé em como se sentem. Então, se elas se sentem mal, então a chave é sentirem o poder do Espírito Santo, a fim de serem melhores novamente. Elas começam a buscar experiências e seu relacionamento com Deus é medido apenas em termos de como se sentem.

Ativismo: É aqui que o evangelho é reduzido à participação em causas cristãs. As pessoas se sentem bem em suas vidas por meio de boas obras, mas isso não é suficiente para sustentar uma vida equilibrada.

Biblicismo: É aqui que o evangelho é reduzido ao domínio da teologia bíblica e cristã — todo conhecimento e nenhuma aplicação. Apenas leia mais versículos e tudo dará certo!

Psicologismo: É aqui que o evangelho é reduzido à cura das necessidades emocionais. Cristo não é meu salvador; Ele é meu terapeuta. “Ele existe para nos fazer sentir melhor sobre nós mesmos”.

Socialismo: É aqui que o evangelho é reduzido à comunhão do corpo de Cristo. Esteja em comunidade e isso ajudará a aliviar os seus problemas.

Qual é o problema com todas essas abordagens? Elas estão todas fundamentadas em elementos da verdade, elementos para os quais Deus nos chamou, mas elas permitem que o EU esteja no centro do nosso universo. Parte da transformação do coração é destronar o ego e entronizar Cristo em nossos corações.

Como exatamente faremos isso? Descobriremos na parte 2.

 

Tradução: Camila Rebeca Teixeira.

Revisão: William Teixeira.

Original: Gospel Transformation & Biblical Counselling 1/2


Autor: Mez McConnell

É pastor sênior da Niddrie Community Church, Edimburgo, Escócia. É fundador do 20schemes, um ministério voltado para plantação de igrejas nos lugares mais difíceis da Escócia. Desde 1999, McConnell tem se envolvido com o ministério pastoral, tanto em plantação quanto revitalização.

Parceiro: 20schemes

20schemes
20schemes existe para edificar igrejas saudáveis centradas no evangelho para as comunidades mais pobres da Escócia.

Ministério: Ministério Fiel

Ministério Fiel
Ministério Fiel: Apoiando a Igreja de Deus.

Veja Também

Cristãos são discípulos

Não há distinção entre um cristão e um discípulo de Jesus Cristo. Cristãos são discípulos.