sábado, 18 de janeiro
Home / Artigos / Cara, por que você está solteiro?

Cara, por que você está solteiro?

Deixe-me falar aos homens solteiros por alguns instantes. Eu sei que nem sempre é tão fácil encontrar uma esposa piedosa, e que muitos irmãos que procuraram com afinco sentiram-se muito frustrados nessa busca. Ainda assim, o ensino da Bíblia requer que eu os encoraje a perceber a importância vital (na maioria dos casos) de vocês se casarem. Se você já fugiu do casamento, deixe-me insistir que reconsidere essa atitude e (talvez) se comprometa a crescer no que for necessário. Se você tentou, mas encontrou apenas frustração, deixe-me encorajá-lo a renovar suas orações ao Senhor e não desistir.

Pelo desígnio de Deus, como vimos em Gênesis 2, um homem se completa com uma mulher, e não apenas com qualquer mulher, mas com uma esposa. Disso, segue claramente que é vital para o bem-estar de quase todo homem adulto que se case. É verdade que o apóstolo Paulo identificou um “dom de celibato” que ele desejava que todos os homens tivessem (1Co 7.7). Ele se referia à habilidade de alguns homens em se dedicar ao serviço a Deus sem os embaraços do casamento. Então, a menos que você tenha o dom ao qual Paulo se referiu, é imperativo para seu bem-estar que você se case, a fim de superar a fase da vida adulta solteira de “não é bom”.

Essa é uma mensagem especialmente importante para os jovens homens adultos de hoje, que são bombardeados com a mensagem oposta. “Cara, não se case!”, dizem todos os seus amigos. Quando o primeiro cara se casa depois da faculdade, seus amigos lamentam a ocasião como se ele tivesse contraído uma doença fatal. Assim, enquanto Deus diz: “Não é bom que o homem esteja só”, os homens dizem uns aos outros para fugir do casamento como se fosse uma praga. Como sempre, porém, Deus é quem está certo. A melhor coisa que um jovem cristão pode fazer — e, aqui, falo de alguém que é capaz de cumprir as obrigações do casamento, o que implica que esteja disponível para o trabalho em tempo integral — é casar-se com uma mulher piedosa.

Na minha opinião e de acordo com os ensinamentos da Bíblia, um dos maiores problemas da igreja hoje é o fracasso dos jovens adultos em valorizar e buscar o casamento. Esse problema se desdobra na frustração de mulheres cristãs de vinte e poucos anos, cujos corpos projetados por Deus clamam por bebês, e cuja composição emocional projetada por Deus é voltada ao casamento, mas que praticamente não encontram cristãos em sua comunidade que estejam prontos ou interessados em se casar. Como resultado de uma cultura masculina que teme o casamento, homens de seus vinte ou trinta anos caem em pecado sexual (afinal, o casamento é a provisão de Deus contra a luxúria; veja 1Co 7.9) e cultivam comportamentos antissociais que perpetuam a imaturidade emocional e social. Hoje, quando Deus olha para homens solteiros e diz: “não é bom”, sem dúvida tem em mente uma longa lista de “auxiliadores impróprios”, incluindo pornografia, videogames, obsessão por esportes e caixas de pizza vazias que são próprias da vida de muitos jovens homens adultos, mesmo entre os cristãos.

Nossa sociedade diz aos jovens adultos que abdiquem da providência de Deus para suas necessidades físicas, emocionais e sexuais, apenas com vistas a permanecer tão imaturos e egoístas quanto possível, pelo tempo que for possível. Você sabe o que a Bíblia diz a esse respeito: simplesmente não é bom.

Artigo adaptado do livro Homens de Verdade, de Richard D. Phillips.


Autor: Richard D. Phillips

Richard D. Phillips servir por trinta anos no exército até que o Senhor o chamou para o ministério pastoral. Doutor em Divindade pela Greenville Presbyterian Theological Seminary, Phillips serve como ministro sênior da Second Presbyterian Church, em Greenville, Carolina do Sul, EUA, e é membro do conselho do The Gospel Coalition.

Parceiro: Ministério Ligonier

Ministério Ligonier
Ministério do pastor R.C. Sproul que procura apresentar a verdade das Escrituras, através diversos recursos multimídia.

Ministério: Editora Fiel

Editora Fiel
A Editora Fiel tem como missão publicar livros comprometidos com a sã doutrina bíblica, visando a edificação da igreja de fala portuguesa ao redor do mundo. Atualmente, o catálogo da Fiel possui títulos de autores clássicos da literatura reformada, como João Calvino, Charles Spurgeon, Martyn Lloyd-Jones, bem como escritores contemporâneos, como John MacArthur, R.C. Sproul e John Piper.

Veja Também

Ganhando a verdadeira riqueza

O contentamento verdadeiro é comumente aprendido quando estamos “na pior” (na perda, na privação e na necessidade financeira).