sexta-feira, 14 de junho
mãe espiritual

Minha mãe espiritual

O trecho abaixo foi extraído com permissão do livro Aquietai-vos, de Elisabeth Elliot, Editora Fiel.


 

Katherine Morgan é missionária em Pasto, Colômbia, há mais de cinquenta anos. Ela tem sido minha amiga por mais de quarenta e três desses anos e fez por mim o que Paulo disse que Onesíforo fez por ele: com frequência, deu-me ânimo. O marido de Katherine morreu quando estavam casados há apenas seis anos, mas ela continuou em seu trabalho missionário e criou suas quatro filhas. À Katherine, devo mais do que consigo expressar. Ela praticamente me mandou para o Equador. Eu era uma candidata missionária sem um campo, não sabia exatamente como encontrar um, falei com ela e, em poucos meses, encontrava-me em Quito. Ela me recebeu em sua casa durante muitos fins de semana, dando-me vislumbres das próximas cenas: o que não esperar dos “apoiadores”, o que esperar deles, o que esperar dos equatorianos e dos indígenas na selva, o que levar (senso de humor, por exemplo), o que não levar (olfato, uma mala cheia de inibições e preconceitos dos Irmãos Plymouth, uma ideia inflada de minha própria importância e a noção de que as pessoas estão ansiosas para ouvir o evangelho). Às vezes, todas nós — suas filhas estavam em idade escolar — quase rolávamos no chão de tanto rir. Uma noite, tivemos um desfile de chapéus. Katherine tinha chegado em casa de uma reunião missionária com uma bolsa de compras cheia de chapéus, algo sobre o qual uma senhora lhe dissera: “O Senhor colocou no meu coração para dar aos missionários”.

Há alguns anos, ela me ligou da Pensilvânia, onde estava visitando uma filha. Ela só queria conversar enquanto ainda seria fácil conversar, já que ela voltaria para a Colômbia em algumas semanas.

Perguntando sobre uma amiga em comum que estava hospitalizada, ela me disse para lhe dizer para pular e louvar ao Senhor. Ela mencionou um presente enviado a ela que era endereçado a uma missionária aposentada. “Eu, aposentada! Nunca nem mesmo pensei em me aposentar”. Ela devolveu. Falamos sobre “dores de parto” pelas pessoas que se afastaram do Senhor. Eu a lembrei de 2 Coríntios 4, a passagem sobre carregar a “morte em nossos corpos” para que a vida possa operar em outras pessoas. Sim, ela concordou, isso está na Bíblia, de fato, mas ela não conseguia pensar em si mesma dessa maneira — “Eu sou muito alegre” —, embora eu saiba que ela sofreu muitos tipos de morte por causa de outras pessoas (e teve sua própria vida ameaçada várias vezes, inclusive sendo apedrejada e encharcada com gasolina mais de uma vez).

Querida Katherine! “O coração alegre é bom remédio.” O dela tem sido um elixir para mim. Ela é uma daquelas pessoas que dão frutos na velhice — embora tenha me batido por sugerir que ela está chegando perto dessa categoria. Que Deus me faça como ela!

 

 

Veja outros artigos deste livro clicando aqui.

Conheça os livros de Elizabeth Elliot pela Editora Fiel clicando aqui.


Autor: Elisabeth Elliot

Elisabeth Elliot (1926–2015) foi uma das mulheres cristãs mais influentes do século XX. Nascida na Bélgica, filha de missionários, ela inspirou, com sua fé corajosa, seguidoras de Cristo em todo o mundo através de suas experiências como esposa, mãe e missionária. Seu primeiro marido, Jim Elliot (1927–1956), foi morto, com outros quatro missionários, quando buscava dar testemunho de Cristo entre os Auca, atualmente conhecidos como Huaorani, no leste do Equador. Alguns anos depois dessa tragédia, Elisabeth, com sua filha ainda pequena, passou a viver entre os membros dessa mesma tribo, a fim de compartilhar com eles o precioso evangelho. Em seu retorno para os Estados Unidos, Elisabeth deu início ao seu ministério como palestrante e escritora, publicando mais de vinte livros que foram traduzidos para diversas línguas. Seu ministério continua a influenciar gerações de mulheres ao redor do mundo.

Ministério: Editora Fiel

Editora Fiel
A Editora Fiel tem como missão publicar livros comprometidos com a sã doutrina bíblica, visando a edificação da igreja de fala portuguesa ao redor do mundo. Atualmente, o catálogo da Fiel possui títulos de autores clássicos da literatura reformada, como João Calvino, Charles Spurgeon, Martyn Lloyd-Jones, bem como escritores contemporâneos, como John MacArthur, R.C. Sproul e John Piper.

Veja Também

Batismo na Terra Santa

Antes de ensinar e anunciar o Reino de Deus, Jesus faz questão de ser batizado, a fim de sinalizar a chegada da nova criação.