quarta-feira, 12 de agosto
Home / Artigos / Moçambique e Angola

Moçambique e Angola

Ouvir Artigo

Moçambique

Nos últimos cinco anos, a Editora Fiel vem realizando uma abençoada conferência para pastores e líderes em Moçambique. A quinta conferência anual aconteceu nos dias 27 a 30 de julho de 2004.

Moçambique é um país de língua portuguesa, localizado na África Austral e banhado pelo oceano Índico. A população, estimada pela ONU em 2002, era 19 milhões de habitantes, e a expectativa é que em 2050 Moçambique tenha uma população de mais de 31 milhões. A capital é Maputo, no sul do país.

O país convive com grande pobreza, e os índices de qualidade de vida são baixos, impondo um quadro geral bastante precário. Moçambique sofreu com a Guerra de Independência contra a dominação portuguesa. Obtida a independência em 1975, o país viu-se mergulhado numa guerra civil, que lhe trouxe graves consequências. O país está em movimento e experimenta mudanças; percebe-se aqui e ali expressões de otimismo e esperança.

A conferência da Editora Fiel é realizada na cidade de Nampula, terceira cidade do país, localizada ao norte, acima do importante rio Zambeze. Em 1997, a população estimada de Nampula era 315 mil habitantes. Nos últimos anos, a cidade vem experimentando um crescimento impressionante, e alguns sugerem que esse número praticamente triplicou.

Em Nampula, há alguns anos, está instalada a Livraria Fiel, que, recentemente, passou por dois momentos difíceis. O primeiro, devido ao retorno de um missionário que a coordenava; ainda não se encontrou outra pessoa para substituí-lo. O segundo momento difícil deu-se no último mês de agosto, quando a livraria foi assaltada. Um dos seus funcionários – um crente simples e dedicado – foi brutalmente assassinado. O assassino já foi identificado, e alguns dos bens furtados foram reavidos.

O trabalho da Editora Fiel é coordenado em Moçambique pelo missionário norte-americano Karl Peterson, que tem seu escritório em Maputo. Ele administra todo o processo de inscrições; gerencia o Projeto Biblioteca do Pastor e estabelece contatos com os pastores. Durante a conferência, ele ministra alguns workshops, e é muito amado pelos irmãos moçambicanos. O médico e missionário Dr. Charles Woodrow, que reside em Nampula, coordena toda a parte logística da conferência. O Dr. Woodrow, que está estabelecendo um hospital em Nampula, coordena pessoalmente todos os detalhes de transporte, hospedagem e cozinha, esforçando-se para que todos tenham acolhida eficiente, acomodações dignas e boa alimentação.

Muitos dos presentes na conferência viajam muitas horas, alguns enfrentando um percurso de quase três dias, utilizando barcos, caminhões e ônibus. Mesmo assim, quando chegam ao local da conferência, aguardam com grande ansiedade o início das reuniões. Estas transcorrem de forma bem participativa, os ouvintes são bem atenciosos, e canta-se bastante, com muita expressividade e alegria. A África é música! Em 2004, a conferência contou com cerca de 150 adultos inscritos.

Os preletores deste ano foram os irmãos Pr. Choolwe Mwetwa, da Zâmbia, e Pr. Gilson Santos, do Brasil. O pastor Mwetwa é o terceiro pastor zambiano a pregar na conferência em Moçambique. País vizinho de Moçambique, na Zâmbia fala-se o inglês, e o Pastor Mwetwa foi traduzido pelo irmão Tiago Santos, gerente da Editora Fiel no Brasil. Os preletores trataram diversos aspectos expositivos e práticos, sobre o tema geral “Cristo Amou a Igreja”.

Durante a conferência, os líderes desfrutam de bom companheirismo e promovem frutíferos encontros de avaliação. A fraternidade entre os pastores impressiona, assim como entre as esposas.

A livraria cumpre um papel muito importante durante todo o evento. Os pastores moçambicanos têm sido grandemente influenciados por uma literatura sã, e a este respeito dão efusivo testemunho, com ações de graça. No presente, 56 pastores têm sido beneficiados pelo Projeto Biblioteca do Pastor, recebendo periodicamente esta revista, livros e, eventualmente, auxílio para participação nas conferências. É grande a alegria e gratidão que demonstram pelas igrejas que lhes dão este apoio oportuno. Atualmente, 27 brasileiros participam do projeto, adotando pastores e líderes moçambicanos; este número, com toda certeza, poderia ser exponencialmente maior.

Angola

Também neste ano foi realizado um primeiro encontro com alguns pastores e líderes em Angola. Esse encontro, realizado nos dias 3 a 5 de agosto, foi um primeiro contato tendo em vista a implantação dos ministérios da Editora Fiel naquele país.

Angola é o outro país de língua portuguesa na África Austral. É banhado pelo oceano Atlântico; ali a influência brasileira é muito grande. O país tinha em 2003 uma população estimada pela ONU em 13 milhões e 900 mil habitantes.

O país sofreu muito com a guerra pela independência do domínio português. A independência foi obtida em 1975, depois de 490 anos de conquista, ocupação e colonização por parte de Portugal. Depois, o país viu-se mergulhado em sangrenta guerra civil, cujo armistício deu-se em 2002, com a mediação da ONU. A paz recente ainda traz certa insegurança e desconfiança. O interior do país foi bastante devastado, com muitos terrenos minados e grande número de mutilados.

Em nossos dias, muitos angolanos dispersos pela guerra estão retornando ao país. A expectativa é que em 2050 Angola tenha uma população de mais de 43 milhões de pessoas. As coisas estão acontecendo numa velocidade incrível, com mudanças intensas, a passos largos. Chegam em Angola muitas organizações humanitárias e ONGs internacionais.

A capital é Luanda, ao noroeste do país. Em 2001, a cidade contava com uma população estimada em 1.500.000 habitantes. Alguns sugerem que esta população é mais do que o dobro. A guerra fez a cidade inchar e acentuou a desorganização social. As condições são precárias: o lixo se acumula nas ruas; bairros enormes não têm serviços básicos, como água, luz e esgoto; há uma nuvem de poeira sobre a cidade; e o trânsito é caótico. O angolano, não obstante, é simpático, hospitaleiro e dinâmico.

A Editora Fiel deu início em Angola ao Projeto Biblioteca do Pastor, entregando seus primeiros livros. Esta revista também tem sido enviada para diversos pastores.

Este primeiro encontro foi muito encorajador, e há grande expectativa pela expansão do ministério da Editora naquele país, onde muitos pastores militam em condições de grandes adversidades. Alguns deles têm tido a oportunidade de estudar em instituições teológicas no Brasil, e nutrem grande respeito e gratidão pelas igrejas e missionários brasileiros.

A África Meridional é uma das regiões do mundo mais afetadas pela AIDS, e é raro uma igreja ali que não tem de deparar-se com esta realidade. Moçambique e Angola não são exceções.

Em toda aquela vasta região, cercados por vizinhos que têm o inglês como idioma europeu oficial, encontram-se estes dois países de língua portuguesa. Há muitas portas abertas. Moçambique e Angola constituem-se numa grande responsabilidade para as igrejas do Brasil. Oremos para que Deus prossiga abençoando o ministério da Editora Fiel nestes dois países, trabalho este que merece o nosso melhor apoio e encorajamento.


Autor: Gilson Santos

Gilson Santos é pastor da Igreja Batista da Graça (SP). Graduado em História e Teologia, é escritor, articulista, preletor em diversas conferências. Gilson também é professor do Seminário Martin Bucer.

Ministério: Ministério Fiel

Ministério Fiel
Ministério Fiel: Apoiando a Igreja de Deus.

Veja Também

O alimento e a mente

O que escolhemos comer e beber exalta ou diminui a glória de Deus.