domingo, 21 de julho
Home / Artigos / Mulher, sua vida não faz sentido?

Mulher, sua vida não faz sentido?

Eu passei bastante tempo angustiada e aflita, pensando qual seria o sentido da minha vida. Busquei em muitas fontes envenenadas uma resposta que aliviasse o vazio da minha existência. Saturei minha mente com crendices do mundo, que, além de não me preencherem, me afundaram em tristezas e não me levaram à vida eterna; fui enganada!

“Pode levar muitos anos para que você veja o resultado do que Deus está fazendo quando a vida não faz sentido.”

Essa foi uma frase que li recentemente em um artigo postado em um blog. Ela chamou a minha atenção porque eu mesma, por muitos anos, usei esta frase: Minha vida não faz sentido.

Através de um livro, Deus me deu uma resposta muito clara para o “slogan” da minha vida. Eu havia ganhado um dos meus primeiros livros cristãos e, lá pelo segundo capítulo, o autor escreveu assim: o sentido da sua vida é Deus.

O sentido da sua vida é Deus
Aquela frase ecoou em meu coração em ressonância com o que eu sentia há anos. Pensei: – se o sentido da minha vida é Deus, preciso conhecer esse Deus, preciso saber se é verdade que a minha vida tem sentido!

Daquelas letras que, em neon, saltaram daquele livro para a minha vida, iniciou-se a minha busca pelo Deus da minha vida.

Deus, em sua infinita sabedoria e misericórdia, me deu sede dele mesmo. Aquele estado de vida vegetativo onde nada tinha sentido era a origem da minha sede. Hoje, dez anos após o início da minha busca, o sentido da minha vida é Deus, a quem glorifico e em quem me alegro todos os dias.

Eu me deleito em Deus quando leio a sua Palavra pela manhã ou quando converso com ele de madrugada, naquela oração particular, sussurrada. E posso afirmar que a alegria sobe como perfume agradável a cada verso lido e degustado da Palavra de Deus, e vai enchendo o meu coração, e se expandindo pelos meus sentidos, transbordando pelos poros até alcançar o meu olhar, aquietar a minha alma, envolver tudo em mim, satisfazendo os meus anseios de amor.

O prazer de estar com o Senhor na leitura da Palavra me faz buscá-lo mais e mais, e amá-lo, e honrá-lo, e desejá-lo perto de mim todo o tempo. E preciso lhe dizer que isso não aconteceu em meu primeiro contato com a Bíblia, nem tão pouco no meu primeiro ano de igreja; foi um longo trabalhar do Senhor em minha vida de renascida, foi no dia a dia que o meu Senhor amadureceu a minha fé. Foi na revelação de quem ele é na minha vida, nas minhas batalhas pessoais, que o conhecimento de Cristo transformou o sentido da minha existência.

Ovelha, sabe aquele deserto por onde muitas vezes andamos? Então, é lá onde o Senhor a colocou para te dar sede! É neste deserto que o Senhor separou você do mundo para que tenha um relacionamento de amor com ele. Confie.

Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração. Oséias 2.14

Você poderia pensar comigo de que forma temos sede?

Como temos sede?
Temos sede quando está muito quente e seco, como no deserto. Mas também temos sede quando comemos algo muito temperado ou salgado.

Você está preparada?
Nas Escrituras, encontramos a orientação do apóstolo Pedro para que estejamos sempre prontas para responder àqueles que perguntam a razão da nossa fé[1].

Para isso, devemos ser aptas a usar a Palavra de Deus com tempero[2] para causar sede naqueles que ainda não conhecem ao Senhor ou naquelas que se afastaram dele.

Após ganharmos a vida nova em Cristo, o Santo Espírito, que em nós habita, nos capacita como testemunhas do Senhor! Jesus disse que somos o sal da terra[3], somos o sal que dá a sede por Jesus.

No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou:

Se alguém tem sede, venha a mim e beba.

Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.

João 7.37-38

Quem tem sede está sem Jesus!
Ovelha, temos que estar prontas para causar sede naquelas que nos rodeiam. O mundo oferece diariamente todos os tipos de recursos com as mais diferentes mentiras. Nós conhecemos a Verdade não para que ela fique escondida[4], mas para que seja transmitida por nós. Recebemos o encargo de ensinar a Palavra de Deus e o que temos feito com isso? O ide que Jesus nos ordenou em Mateus 28 tem um objetivo: ensinar, e ensinar a Palavra de Deus.

Por minha causa sereis levados à presença de governadores e de reis, para lhes servir de testemunho, a eles e aos gentios. E, quando vos entregarem, não cuideis em como ou o que haveis de falar, porque, naquela hora, vos será concedido o que haveis de dizer, visto que não sois vós os que falais, mas o Espírito de vosso Pai é quem fala em vós. Mateus 10.18-20

Quem está desesperada, com sede, não procura água purificada, procura qualquer líquido que imagine poder saciar a sua sede. Muitas pessoas têm sido envenenadas ao invés de saciadas, e nós somos responsáveis por isso.

Declarou-lhes, pois, Jesus: Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; e o que crê em mim jamais terá sede. João 6.35

Você tem proclamado o verdadeiro Evangelho para aquelas que estão próximas de você?

Proclamando a verdade
Hoje posso perceber a importância de falar a verdade para as pessoas que estão próximas de nós. Se não falamos a verdade, damos oportunidade para a mentira ser infiltrada nas almas sedentas de vida e absorvidas por elas, intoxicando as pessoas com água podre. A terra seca absorve rapidamente todo líquido que nela cai. Vamos derramar Jesus, a água da viva, nas almas sedentas; ele é a fonte de onde fluem rios de água viva. Quem bebe do Senhor nunca mais terá sede!

Afirmou-lhe Jesus: Quem beber desta água tornará a ter sede; aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna.

Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água para que eu não mais tenha sede, nem precise vir aqui buscá-la. João 4.13-1

[1] Antes santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vós.

[2] A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um. Colossenses 4.6

[3] Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação dos séculos. Mateus 28.19-20

[4] Ninguém, depois de acender uma candeia, a cobre com um vaso ou a põe debaixo de uma cama; pelo contrário, coloca-a sobre um velador, a fim de que os que entram vejam a luz.


Autor: Renata Gandolfo

Renata Gandolfo é graduanda em Letras português-inglês. É membro da Igreja Batista da Graça e por acreditar em discipulado e aconselhamento bíblico iniciou, em sua igreja, o Grupo Elas - Estudo e Leitura de Aconselhamento de Senhoras. Apaixonada por literatura, trabalhou como vendedora da Editora Fiel e hoje atua no editorial feminino online do Ministério Fiel. Renata reside em São José dos Campos, SP.

Ministério: Ministério Fiel

Ministério Fiel
Ministério Fiel: Apoiando a Igreja de Deus.

Veja Também

Qual deve ser a duração de uma pregação?

Eu acho que muitos pastores, especialmente os mais jovens, estão regularmente lutando com essa questão. …