sábado, 24 de agosto
Home / Artigos / O que devo falar aos meus filhos sobre o Papai Noel?

O que devo falar aos meus filhos sobre o Papai Noel?

Em uma conversa recente com a esposa de outro plantador de igrejas, ela me fez a seguinte pergunta: “O que você contou às suas garotas sobre o Papai Noel?” Eu pensei então que isso seria um bom blog para essa época do ano. O Natal tornou-se muito comercial e de muitas maneiras totalmente exagerado, as pessoas gastam demais, comem demais, bebem demais, e se você perguntasse, às pessoas que vivem nas comunidades habitacionais carentes, sobre o que é o Natal, não sei se muitos deles mencionariam Jesus em toda uma lista de outras palavras associadas ao Natal.

Então, como cristãos, o que devemos ensinar aos nossos filhos? Papai deveria se vestir de Papai Noel na véspera de Natal e deixar presentes embaixo da árvore? Devemos deixar um copo de vinho e pedaços de tortas para ele? Está tudo bem se fizermos alguma referência a ele?

Se você fizer uma dessas perguntas no “Google”, encontrará uma série de respostas que vão desde de “Papai Noel é do diabo”; (pois na língua inglesa “Santa” seria um anagrama de “Satan”) até “Nós apenas queremos fazer as crianças felizes”’. Mas será que existe um feliz meio termo entre esses dois extremos?

Aqui estão alguns pensamentos sobre o assunto:

1. Não é pecado ensinar aos nossos filhos sobre o Papai Noel original.

São Nicolau era uma pessoa real que viveu no século IV, ele era um bispo grego e adorava dar presentes, aparentemente ele jogava bolsas de dinheiro nas casas das pessoas, às vezes pela chaminé, e fazia isso à noite para poder permanecer anônimo. Ele era muito conhecido por ajudar os pobres e secretamente dar presentes para os necessitados. Todos nós poderíamos aprender muito com seu exemplo de generosidade e bondade. Conta-se que quando seus pais ricos morreram lhe deixaram seu dinheiro, como ele não queria desperdiçá-lo, decidiu dar para os necessitados. 2Coríntios 9.7 diz: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria”.

2. Não use o Papai Noel para manipular seus filhos.

Quando você está na fila da loja nessa época do ano, muitas vezes você ouve os pais dizendo: “É melhor você se comportar, senão o Papai Noel não vem”. Fico louca quando ouço isso – esse é o jeito de “não sermos pais”! Não podemos usar manipulação para fazer nossos filhos se comportarem, e de qualquer forma, isso só funcionará para o mês de dezembro; e os outros onze meses do ano?! Não devemos dizer coisas desse tipo por estarmos com vergonha de seu comportamento ou porque estão “fazendo birra” e não queremos nos aborrecer lidando com isso adequadamente. Precisamos estar sempre treinando nossos filhos a se portarem com retidão, não a se comportar por causa do Papai Noel. Lesli White diz: “Nunca devemos promover um mito para promover uma forma de moralismo que não seja consistente com os ensinamentos de Cristo”. Não podemos ensinar a eles que ao se comportarem externamente receberão coisas, nossa paternidade precisa desafiar seus corações pecaminosos e rebeldes.

3. Mentir é pecado.

De alguma forma, pensamos que, se mentirmos pelos motivos “certos”, tudo estará bem, então, tudo bem dizer aos nossos filhos que Papai Noel vem na véspera de Natal para entregar seus presentes, não estamos machucando ninguém, então deve estar tudo bem. A Bíblia pensa o contrário: ” “Quem quiser gozar a vida e ter dias felizes não fale coisas más e não conte mentiras”. (1Pe 3.10, NTLH). Falar aos nossos filhos sobre o Papai Noel não é de forma alguma malicioso, mas é mentira.

Além disso, um dia eles descobrirão que ele não é real; ele ainda não está vivo ou morando no Polo Norte, então, uma vez que eles descobriram isso, como eles vão distinguir entre o Papai Noel e Jesus? Se você disse a eles que Papai Noel é real e alguns anos depois eles descobrem que ele não é, eles podem pensar que o mesmo seja verdade em relação a Jesus. Temos que ter muito cuidado porque as mentes pequenas são muito impressionáveis.

4. Aponte para Jesus.

A coisa fundamental que precisamos dizer aos nossos filhos é que o Natal é totalmente sobre Jesus, precisamos contar-lhes sobre o maior presente que já foi dado. Ele deixou a glória do céu para que o relacionamento entre Deus e o homem pudesse ser restaurado. Não é apenas uma história fofa para fazer as crianças se comportarem, isso realmente aconteceu; é real. Não é apenas um presente para um mês do ano, não é apenas um presente para aqueles que estão lista dos bonzinhos, é um presente que está disponível para qualquer pessoa que realmente se arrependa e coloque sua fé e confiança nele.

Tudo isso foi perdido em todo esse consumismo, é muito difícil encontrar um pacote de cartões de Natal que tenha alguma imagem que mostre o verdadeiro significado do Natal!

5. Faça o Natal divertido e construa memórias.

Nós amamos o Natal em nossa casa e sempre tentamos torná-lo divertido para as meninas. Existem certas coisas que sempre fazemos, por exemplo, nós sempre decoramos a árvore juntos ouvindo uma música “brega” de Natal, sempre temos um calendário do “advento”, na véspera do natal nós pegamos uma comida chinesa e assistimos ao filme “Elf – Um Duende em Nova York”. Na manhã do Natal nós sempre temos uma meia pendurada e abrimos o resto dos presentes depois do almoço.

Quando as meninas eram mais novas, usávamos um calendário do advento da Bíblia, que recebemos da “Good Book Company”. Eles têm alguns diferentes que são todos bons. Consideramos útil usar o mês de dezembro para dar um foco especial no significado real do Natal.

Quando elas nos perguntavam sobre o Papai Noel (o que não era muito frequente, porque morávamos no norte do Brasil), explicávamos que ele não tinha vindo e nem trazido presentes. Nós éramos honestos com elas; não queríamos decepcioná-las nessa época maravilhosa do ano.

É errado falar sobre o Papai Noel? Eu acho que tudo bem, desde que as crianças saibam as origens da história que falam sobre o exemplo de São Nicolau como alguém que estava vivendo para Jesus.

Tal como acontece com a maioria das questões que envolvem os pais, essa cabe a cada família decidir, existem princípios abrangentes, mas no final do dia cada família deve escolher o que vai fazer. Em última análise, porém, lembre-se de que somos instruídos a educar nossos filhos na disciplina e instrução do Senhor (Ef 6. 4).

 

© 20schemes. Original: What Should I Tell My Kids About Santa? Traduzido com permissão.

© Ministério Fiel. Website: ministeriofiel.com.br. Todos os direitos reservados. Tradução: Paulo Reiss Junior.


Autor: Miriam McConnell

Miriam McConnell tem servido em Niddrie desde 2007. Durante esse tempo ela esteve envolvida em praticamente todos os diversos ministérios da igreja. Nos últimos dois anos, ela tem se concentrado no ministério de mulheres, em especial. Ela é casada com Mez (diretor do Ministério 20schemes) desde 1998 e eles têm duas filhas.

Parceiro: 20schemes

20schemes
20schemes existe para edificar igrejas saudáveis centradas no evangelho para as comunidades mais pobres da Escócia.

Ministério: Ministério Fiel

Ministério Fiel
Ministério Fiel: Apoiando a Igreja de Deus.

Veja Também

Tornando-se o que vemos

No fundo de todo verdadeiro cristão há um desejo de ser mais semelhante a Cristo.