terça-feira, 23 de julho
Home / Artigos / Quais são as 5 razões pelas quais você quer uma igreja em declínio?

Quais são as 5 razões pelas quais você quer uma igreja em declínio?

Se há algo em que todos os pastores e igrejas concordarão é que ninguém quer que sua igreja entre em declínio. Ninguém. A principal maneira da SBC (Convenção Batista do Sul – EUA) medir a condição das igrejas locais é por meio desta rubrica: Crescendo. Estável. Em declínio. A igreja em declínio é sempre vista como ruim. Há razões tipicamente legítimas para preocupação quando uma igreja declina em quantidade de dinheiro e pessoas. E ainda assim, enquanto observei nossa igreja local passar por crescimento, estabilidade e declínio várias vezes nos últimos 15 anos, aprendi que há algumas formas boas, saudáveis e empolgantes em que Deus demonstra estar trabalhando em uma igreja através do declínio. Eu quero desafiar esta maneira comum de avaliar as igrejas locais com 5 razões, eu diria, pelas quais nós queremos que uma igreja entre em declínio demonstrando saúde e vida, não disfunção e morte:

1) Enviando missionários para o campo.

2) Colocando pastores em igrejas locais.

3) Membros divisivos ou não-convertidos saindo.

4) Membros se mudando para melhorar sua situação familiar.

5) Membros saindo para ajudar a plantar ou revitalizar uma igreja.

Nos últimos 12 meses, experimentamos todas essas cinco realidades.

Nossa pequena e simples igreja de 75 membros no extremo sul de Louisville no último ano mandou um casal para o campo missionário. Colocamos 4 homens como pastores em igrejas locais que foram treinados em nossa igreja, confirmados e enviados pela nossa igreja. Uma família divisiva partiu. Vimos uma família amada se mudar para estar perto de seus parentes idosos e ter uma situação de trabalho melhor. Uma família saiu para ajudar um pastor em uma igreja que está morrendo. Outra família para ajudar na plantação de uma igreja. Embora tenhamos ganho algumas famílias no ano passado, elas não igualaram todas essas perdas.

Mesmo enquanto escrevo isto, estamos prestes a informar à nossa associação local que temos menos membros e comparecimento agora do que no ano passado.

Temos menos dinheiro para o nosso orçamento, o que está exigindo alguns cortes difíceis para o orçamento do próximo ano. Somos uma igreja em declínio. Mas não se preocupe conosco. Não entre em pânico! Nós ficaremos bem. Na verdade, sentimos que temos muito o que comemorar. Celebraremos enquanto esperamos que Deus nos envie outros para reabastecer nossos obreiros e recursos, como sempre fez nas épocas anteriores de declínio, pelas mesmas razões.

Então, uma igreja em declínio é ruim? Às vezes. Mas nem sempre. Pastores, procurem evidências da saúde da igreja, não o crescimento numérico da igreja.

 

Tradução: João Paulo Aragão da Guia Oliveira.

Revisão: Filipe Castelo Branco.

Original: What are 5 reasons you want a declining church?


Autor: Brian Croft

Brian Croft é o pastor efetivo da Auburndale Baptist Church em Louisville, Kentucky. Ele também é autor de "Visit the Sick: Ministering God’s Grace in Times of Illness”, (Prefácio de Mark Dever) e "Test, Train, Affirm, and Send Into Ministry: Recovering the Local Church’s Responsibility to the External Call", (Prefácio de R. Albert Mohler Jr). Brian escreve regularmente no blog Practical Shepherding.

Parceiro: Practical Shepherding

Practical Shepherding
O ministério Practical Shepherding visa equipar pastores e líderes de igrejas nas questões práticas do ministério.

Ministério: Ministério Fiel

Ministério Fiel
Ministério Fiel: Apoiando a Igreja de Deus.

Veja Também

Ele alimentou dez mil órfãos com oração (George Müller)

George Müller construiu cinco grandes orfanatos e cuidou de 10.024 órfãos durante sua vida.