• Envie para um amigo

    Favor Preencher
    Favor Preencher
    Insira um Email Válido
Artigo

Plantação de igrejas: Por que e como levantar líderes

Mike McKinley 18 de Setembro de 2017 - Igreja e Ministério

Após três semanas em meu trabalho como líder de uma plantação/revitalização de igreja, consegui expressar em palavras algo que estava me incomodando. Nosso grupo de 15 pessoas era formado por alguns que vieram comigo para ajudar no trabalho e outros que “herdamos” da congregação existente que estávamos tentando revitalizar. Alguns membros do grupo eram servos felizes e contentes, outros eram céticos de que isso “funcionaria”, mas desejavam tentar, e outros estavam desconfiados e infelizes.

Mas o sentimento desagradável que finalmente consegui expressar em palavras é que, por mais dedicadas que algumas dessas pessoas fossem, minha esposa e eu não tínhamos mais ninguém na igreja que se importasse tanto quanto nós.

Essa não é uma crítica às outras pessoas; é simplesmente a realidade da plantação de igrejas. Para um plantador de igrejas, o trabalho pode chegar próximo da exaustão. Esse trabalho combina a sua religião com a sua carreira e a sua subsistência; as apostas podem parecer muito altas, e não seria realista esperar que muitas outras pessoas se sintam tão envolvidas quanto você na viabilidade da igreja em surgimento. Eu sei, por minha própria experiência e por falar com outros plantadores de igrejas, que essa descoberta pode aumentar os sentimentos de isolamento e solidão.

O que eu anelava naqueles primeiros dias era que outros se aproximassem de mim e carregassem o peso da liderança, responsabilidade e cuidado. Agora, 12 anos depois, não tenho mais a sensação de estar sozinho no trabalho. Ao escrever este artigo, estou no meio de um ano sabático. Na minha ausência, outros presbíteros, funcionários e diáconos da igreja têm liderado a congregação com bastante eficácia.

Você precisa levantar líderes

Então, se você é um plantador de igrejas, precisa primeiro e principalmente se concentrar em pregar a Palavra, semana após semana. Sem isso, seja o que for que esteja plantando, não será uma igreja. Mas depois disso, você deve se dedicar ao desenvolvimento e ao cultivo de outros líderes. Fazer isso tem um impacto que vai muito além da sua própria necessidade pessoal de que outros compartilhem do peso de cuidar da igreja. Aqui estão outros três benefícios de desenvolver líderes em sua igreja:

1. Desenvolver líderes é importante para a saúde dos membros da igreja.

A maneira mais importante de ajudar os membros da igreja a crescer é pregar a Palavra de Deus com fidelidade semana após semana. Mas o ministério pastoral também envolve muito investimento individual na vida das pessoas, e até mesmo o plantador de igrejas mais diligente terá limites quanto ao número de pessoas de quem ele pode cuidar. Ao desenvolver outros líderes que podem ensinar, discipular, evangelizar, aconselhar e pastorear o rebanho, você levanta outros que podem cuidar da saúde de todos os membros da igreja.

2. Desenvolver líderes é importante para a saúde da congregação como um todo.

Ter toda a liderança concentrada em um único indivíduo certamente não é saudável para esse indivíduo, mas também não é saudável para uma igreja. Uma pluralidade de líderes significa que uma congregação não fica refém de decisões que foram feitas sem considerar as parcialidades, fraquezas e ignorância do plantador de igrejas. Quando mais pessoas estão envolvidas na liderança de uma igreja, é menos provável que cada membro se torne dependente dos dons e da personalidade do plantador da igreja (que, afinal, pode não estar com eles para sempre) e é mais provável que cada membro seja edificado dentro da vida da igreja, como um todo.

3. Desenvolver líderes é importante para missões.

Não conheço a sua experiência no contínuo espaço-tempo, mas descobri que só posso estar em um lugar por vez em um determinado momento. E isso significa que há muitos lugares em que não consigo estar presente para proclamar o evangelho e discipular crentes. Supondo que o mesmo vale para você, então você precisará investir em outras pessoas que possam ir para lugares onde você não está.

Plantar novas igrejas local e internacionalmente requer líderes que possam iniciar e supervisionar o trabalho. Esses líderes devem vir de algum lugar e, portanto, você precisa investir no desenvolvimento deles.

Os plantadores de igrejas têm um milhão de coisas para fazer, muitas das quais parecem urgentes. Investir o seu tempo em cultivar novos líderes pode parecer um trabalho lento que não produz resultados imediatos e mensuráveis. Mas, a longo prazo, ajudará a fortalecer e expandir o alcance do seu ministério.

Como levantar líderes

Aqui estão três sugestões sobre como encontrar e desenvolver novos líderes para a sua congregação e outras:

1. Desenvolva líderes compartilhando responsabilidades.

Muitos plantadores de igrejas são controladores. Não sei se a natureza do trabalho atrai esse tipo de pessoas (porque é mais fácil liderar uma igreja que você começa do que uma que herdou de outra pessoa) ou se a plantação de igrejas faz com que as pessoas fiquem assim (porque muito parece estar além do seu controle). Mas você nunca poderá levantar novos líderes se não estiver disposto a permitir que outras pessoas compartilhem a responsabilidade de ensinar, tomar decisões e cuidar do rebanho.

Alguns afirmam que é perigoso deixar pessoas não qualificadas liderarem a igreja, e eu concordo. Sugiro que você não faça isso. Antes, encontre pessoas que tenham as qualificações bíblicas relevantes (Tito 1.5-9; 1 Timóteo 3.1-13) e dê-lhes uma chance de liderar, mesmo que façam as coisas um pouco diferente de como você faz.

2. Descubra líderes estando atento ao seu redor.

Às vezes, as habilidades e os dons de uma pessoa são óbvios e evidentes. Mas quando olho para os líderes que a nossa igreja tem ajudado a levantar, eu diria que um bom número deles eram pessoas que eu não teria considerado imediatamente como tendo “potencial de liderança”. Isso pode ser devido à personalidade (talvez eles fossem “calmos, introvertidos e modestos) ou à cultura (aprendi que a liderança, às vezes, parece diferente para pessoas de culturas diferentes), mas sei que fui culpado de ignorar pessoas que finalmente se tornaram líderes eficazes. Então, como você descobre essas pessoas? Olhe ao redor de sua congregação e faça perguntas como:

· Quem já está produzindo frutos espirituais na vida da igreja?

· A quem as pessoas buscam por ajuda ou conselho?

· Quem já está fazendo o trabalho de servir e cuidar de outros sem ter recebido um ofício ou um título?

3. Desenvolva líderes por meio de treinamento.

Aqui é onde o “pneu encontra a estrada”. Uma vez que você está empenhado em levantar novos líderes e identificou potenciais candidatos, precisa começar a treiná-los. Isso pode ocorrer de muitas maneiras diferentes [1] — desde reuniões individuais até classes de grandes grupos —, mas você deve começar a investir intencionalmente em ajudar a desenvolver o caráter e as competências que cada potencial líder individual precisará para o serviço específico que prestará ao corpo.

#1: Por exemplo, você pode encontrar o currículo para o primeiro curso de treinamento de líderes que fiz em nossa igreja em um apêndice do meu livro “Plantar Igrejas é para os Fracos” (Editora Fiel).

 

Tradução: Camila Rebeca Teixeira

Revisão: André Aloísio Oliveira da Silva

Original: The Church Planter’s Second Priority: Raising Up Leaders

Hits: 1398


O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.

Receba nossas Notificações



Mike McKinley
Autor Mike McKinley

Mike McKinley (MDiv pelo Westminster Theological Seminary) é o pastor da Guilford Baptist Church, em Sterling, Virginia, e foi membro da equipe pastoral da...



9Marks
Parceiro 9Marks

O Ministério 9Marks tem como objetivo encorajar as igrejas e seus líderes a cultivarem um ministério saudável, através da...

Produtos Relacionados

Não há produto relacionado