• Envie para um amigo

    Favor Preencher
    Favor Preencher
    Insira um Email Válido
Artigo

Teologia Sistemática | As tarefas da teologia sistemática | Parte 1/6

Heber Carlos de Campos 27 de Abril de 2018 - Teologia

Extraído do livro: Eu Sou – Volume 1, de Heber Campos, da Editora Fiel.

Teologia Sistemática tem de trabalhar com os dados de que dispõe, que devem provir da revelação verbal que está incorporada na Santa Escritura. Os dados da revelação verbal não estão apresentados de forma sistemática na Escritura. A Bíblia não é um compêndio sistemático de doutrinas. Os dados têm de ser colocados sistematicamente para melhor entendimento dos cristãos. Essa é a tarefa da Sistemática, segundo o pensamento de John Murray: “A tarefa da Teologia Sistemática é apresentar, de maneira coerente e ordenada, as verdades a respeito de Deus e de suas relações com o homem e com o mundo. Essa verdade deriva dos dados da revelação, e a revelação abrange todos aqueles meios pelos quais Deus torna-se conhecido e faz sua vontade conhecida de nós, os homens.”

As Escrituras são a vontade de Deus revelada a nós em palavras e atos explicados em palavras e, nelas, Deus mostra seu conselho ao nos desvendar sua majestade incompreensível, os mistérios de seu conselho e a maravilha de sua graça. Nessa tarefa, podemos ver a importância da Sistemática. A Teologia Sistemática é, de todas as ciências e disciplinas, vista como a mais nobre, não com uma reflexão desapaixonada e fria, mas com uma reflexão que se agita numa maravilha de adoração, reivindicando-se ser o exercício mais consagrado de todos os nossos poderes. Trata-se do mais nobre de todos os estudos porque sua província é o todo do Conselho e procura, como nenhuma outra disciplina, demonstrar as riquezas da revelação de maneira ordenada e abrangente, que são seu método e função peculiares. Todos os outros departamentos das disciplinas teológicas contribuem com seus achados para a Teologia Sistemática, e ela traz toda a riqueza do conhecimento derivado dessas disciplinas para sustentar a sistematização mais abrangente de que ela se ocupa.

Segundo Fred Klooster, há algumas tarefas relacionadas à Teologia Sistemática que não podem ser esquecidas. A despeito das várias definições de Teologia pelos teólogos reformados, há unanimidade no que diz respeito à concepção da tarefa da Sistemática.

A tarefa de ser construtiva, demonstrativa e crítica

A Teologia Sistemática tem uma tarefa construtiva

A tarefa da Teologia Sistemática consiste em construir, de modo concatenado, um sistema de Teologia que se mostre consistente e condizente com o conteúdo geral das Escrituras. É verdade que nem toda Teologia Sistemática produz uma boa Teologia, mas a Teologia Sistemática dentro da Fé Reformada deve sempre primar pela construção de uma Teologia que reflita o pensamento da Tota Scriptura. Os credos e as Confissões da Igreja são uma boa tentativa de se construir uma Sistemática saudável, para o bem da igreja de Deus. Eles mostram uma inter-relação orgânica entre as várias doutrinas ensinadas na Escritura, de um modo organizado que facilita a compreensão por parte dos cristãos. Essas relações entre as doutrinas apontam para as conexões que tornam a Teologia cristã um enorme bloco de consistência doutrinária. A Teologia Sistemática tem o papel de construir um corpo de doutrinas que ajude os cristãos a entenderem as inter-relações entre Deus, homem, queda, redenção e consumação.

A Teologia Sistemática tem uma tarefa demonstrativa e defensiva

A sistematização da Teologia não é meramente uma descrição do pensamento cristão disposto de forma organizada. A Teologia Sistemática deve ser uma demonstração da verdade que está enraizada no texto da Escritura. Não se faz isso apenas por meio de textos prova para demonstrar uma doutrina. Na verdade, o conteúdo da Teologia Sistemática deve originar-se do texto da Escritura, de modo que o estudante venha a perceber que, em sua totalidade, o texto da Escritura é harmônico quando devidamente entendido. A tarefa da Sistemática é, antes de tudo, mostrar como a doutrina está enraizada nas asseverações bíblicas. As verdades devem ser encontradas, sacadas e extraídas das Escrituras. Nesse sentido, não há diferença básica entre a Teologia Sistemática e a Teologia Bíblica junto com a Apologética.

A Teologia Sistemática tem uma tarefa crítica

O teólogo sistemático tem o dever de perceber que a obra dos teólogos do passado, assim como a dos teólogos do presente, são obras de homens falíveis. A Teologia é uma construção humana que deve ter como fonte a revelação verbal de Deus.

Como se diz nos círculos teológicos, devemos crer que a Escritura é a norma normans (ou seja, a norma que normatiza), enquanto a Teologia é a norma normata (ou seja, a norma normatizada). A Escritura é normativa, e nossa Teologia deve ser constantemente julgada por aquela norma. Portanto, devemos ser críticos do passado à luz da Escritura. Devemos ser críticos de nossa própria obra teológica à luz da Palavra. Devemos ser críticos dos credos e dogmas da igreja, à luz da Escritura.

Esse era o espírito dos reformadores quando enfrentaram o erro na igreja. Assim deve ser nossa atitude hoje. Devemos evitar atitudes como: “O velho é mau porque é velho; ou o novo é necessariamente bom porque é novo”. Tudo deve ser revisto, em Teologia, à luz do todo da revelação de Deus na Escritura.

A Teologia cristã está relacionada em todas as suas disciplinas, de tal forma que há harmonia entre elas. A Teologia deve ser estudada em suas inter-relações. Caso contrário, será apresentada de forma distorcida. Nenhuma disciplina de Teologia deve prescindir da outra.

Hits: 753


O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.

Receba nossas Notificações



Heber Carlos de Campos
Autor Heber Carlos de Campos

É graduado pelo Seminário Presbiteriano de Campinas (1973); fez seu mestrado em Teologia Contemporânea (Th.M.) no Seminário Presbiteriano...